Review de Um Contratempo

por há 3 semanas e 60 leituras

Sinopse: “Tudo está indo muito bem para Adrian Doria (Mario Casas). Seu negócio é um sucesso e lhe trouxe riqueza, sua bela esposa teve a criança perfeita, e sua amante está bem com o caso dos dois escondido. Tudo está ótimo até que Doria desperta num quarto de hotel, depois de ser atingido na cabeça, e encontra sua amante morta no banheiro, coberta com um monte de notas em euros. Pior, o quarto é trancado por dentro e não tem nenhuma maneira de entrar ou sair. Com tudo o que construiu desmoronando aos seus pés, Doria recorre a melhor advogada de defesa da Espanha, Virginia Goodman (Ana Wagener), e eles tentam descobrir o que realmente aconteceu na noite anterior.”

As férias chegando ao fim e eu correndo para dar conta de ver todos os filmes que planejei. Alguns decepcionantes, outros bem água com açúcar e outros de segurar a respiração e dizer quando o filme termina: “que final foi esse?”

O executivo Adrián Doria (Mario Casas), principal suspeito no homicídio da amante, a fotógrafa Laura (Bárbara Lennie), tem que retratar à experiente advogada Virginia Goldman (Ana Wagener) como tudo aconteceu até o episódio do assassinato. Mas ela quer tudo muito bem detalhado, desde quando ele começou a se relacionar com Laura, que também era casada, até o momento da sua morte.

Doria diz que após alguns meses de romance, ele resolveu romper e na volta de mais um encontro amoroso, ele diz para Laura que não quer mais continuar. Eles discutem e Adrián perde a direção do carro quando um cervo atravessa a estrada e acaba batendo em outro veículo. O rapaz do carro está morto. Laura, com medo de que o caso deles seja descoberto, convence Adrián a abandonar o corpo e não chamar a polícia. Assim estariam preservando a história entre eles e não comprometeria a carreira promissora de Adrián. E não posso falar mais nada, senão entrego o ouro ao bandido. kkkkk

Bem, tudo isso é só o começo de uma história bem elaborada, com segredos e controvérsias. Com a história sendo contada em flashblacks, o público é segurado cena após cena. E não se pode piscar, senão perde o fio. Como todo o bom suspense espanhol, Um Contratempo é tenso, inteligente, bem afiado e desenvolvido. E a atenção vai para a atriz Ana Wagener que, com a sua competente advogada Virginia, consegue entregar toda a dramaticidade que o filme exige. Uma baita atriz!

Se você gosta de Hitchcock irá gostar desse filme. E o melhor de tudo, com aquele final de deixar a gente boquiaberta. Afinal, toda história tem duas caras. A verdade, apenas uma.

Veja o trailer:

Duração 1h 50min
Direção: Oriol Paulo
Elenco: Mario Casas, Bárbara Lennie, Ana Wagener
Gêneros Policial, Suspense
Nacionalidade: Espanha
E a boa notícia é que está disponível no Netflix. Então, corra e aproveite os últimos dias de férias.
Beijocas no coração
Mari Felix

 

Mari Felix

Jornalista, carioca, casada, mãe de dois filhos, admiradora de filmes, séries, livros e exposições. É uma romântica incorrigível, que chora até com filmes de comédia. Colunista na área de Filmes desde Fev/2015. No twitter pessoal . No Instagram pessoal .

Facebook Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales