Review de O Poderoso Chefinho

por há 3 meses e 225 leituras

Sinopse: “Um bebê falante que usa terno e carrega uma maleta misteriosa une forças com seu irmão mais velho invejoso para impedir que um inescrupuloso CEO acabe com o amor no mundo. A missão é salvar os pais, impedir a catástrofe e provar que o mais intenso dos sentimentos é uma poderosa força.”

Alô, povo! Dando continuidade a maratona de filmes e séries, assisti à vários no feriadão. Terror, ação, documentários e infantis. E aquele que me chamou a atenção foi O Poderoso Chefinho. Com o seu texto leve, inocente e divertido, me encantou. E ao meu filho também.

Eu sempre imaginei o que poderia passar na cabeça da criança (até o momento filho único) na hora que descobre que terá um irmãozinho. E é o que acontece em O Poderoso Chefinho, desde o dia em que chegou seu irmão bebê (de táxi… vestindo um terno), Francis, um garotinho de 7 anos, sabia que esse bebê falador seria um problema, afinal toda a atenção dos seus pais sempre foram para ele e agora terá que dividir com o irmão caçula. Quando decide lutar para ter de volta o afeto exclusivo dos seus pais, Francis descobre por acaso uma conspiração secreta que ameaça destruir o equilíbrio do amor do mundo – e este ousado bebê executivo disfarçado como seu novo irmão está no centro de tudo. Agora, eles precisam se unir como verdadeiros irmãos para deter o plano maligno, salvar seus pais, restaurar a ordem no mundo e provar que o amor é vence qualquer obstáculo e é o bem maior.

Tom McGrath, o mesmo diretor de Madagascar e Megamente, quis agradar tanto os pequenos quanto aos adultos. E de alguma forma alcançou o objetivo. Não há nada de extraordinário da animação, mas é bem gostoso de assistir e muito bonitinho.

Há algumas cenas que são bem mornas, mas também há aquelas que tirará gargalhadas, principalmente as cenas com outros bebês gerentes. São bem divertidas. O garoto Tim não é aquele protagonista carismático, mas ainda assim consegue entregar o recado direitinho, e interagir com o Chefinho. Muitos irmãos se identificarão com os dois personagens. kkkk

O Poderoso Chefinho não é uma animação que será lembrado sempre, mas é um filme divertido, descontraído e todo desenho que tem bebê é sempre bonitinho de se ver. Pelo fim do filme é possível que tenha uma continuação.

Pegue filhos, sobrinhos, afilhados, ou até vizinhos e faça uma sessão em sua casa, com direito a pipoca e chocolate. Será bem divertido.

Dá só uma olhada no trailer e se apaixone pelo Chefinho:

Data de lançamento: 30 de março de 2017 (1h 38min)
Direção: Tom McGrath
Elenco: Giovanna Antonelli, Alec Baldwin, Steve Buscemi
Gêneros: Animação, Comédia
Independente se for bom ou ruim, desenho animado sempre é legal, não?
Beijocas no coração
Mari Felix

 

 

Mari Felix

Jornalista, carioca, casada, mãe de dois filhos, admiradora de filmes, séries, livros e exposições. É uma romântica incorrigível, que chora até com filmes de comédia. Colunista na área de Filmes desde Fev/2015. No twitter pessoal . No Instagram pessoal .

Facebook Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales