Review de Cinquenta Tons de Liberdade II

por há 7 meses e 275 leituras

Sinopse: “Superados os principais problemas, Anastasia (Dakota Johnson) e Christian (Jamie Dornan) agora têm amor, intimidade, dinheiro, sexo, relacionamento estável e um promissor futuro. A vida, no entanto, ainda reserva surpresas para os dois e fantasmas do passado como Jack Hyde (Eric Johnson) e Elena Lincoln (Kim Basinger) voltam a impedir a paz do casal.”

Finalmente consegui ver o tão esperado desfecho da história de Christian Grey e Anastacia Steele. Após alguns imprevistos que me impediram de ver na pré-estreia, eu pude matar a curiosidade. Era curiosidade mesmo, já que os dois anteriores me deixaram desapontada.

Já começo dizendo que se você não viu os dois filmes que antecedem esse então, corra, porque irá ficar boiando. É necessário, pelo menos, ter lido os livros. Sem isso, nada feito. O filme começa com o casamento de Anastacia Steele e Christian Grey e mostra como é bom curtir a lua-de-mel e os primeiros passos do casamento. E tudo com muitooo dinheiro. Vida chata. kkkk

Mas nem tudo são flores, já que Ana precisa lidar com a superproteção do marido. Afinal, Christian está preocupado com a perseguição que o ex-chefe dela, Jack, anda fazendo. E para isso contrata dois seguranças que ficam junto com Anastacia, até mesmo quando ela retorna o trabalho da editora. Mas parece que Christian tem total razão para ficar preocupado, porque o maníaco está obcecado em estragar a vida dos dois.

Bem, coloquei esse pequeno trecho para não dar tantos spoilers. Ficaria bem sem graça. Ok, entre uma perseguição e outra, há muito e muito sexo com corpos nus desfilando para lá e para cá.

Da trilogia esse foi o filme que mais gostei e sei que a opinião será quase unânime. Há trama, continuidade, envolvimento e amadurecimento dos atores. Fica claro o quanto Jamie Dornan desenvolveu como ator, não sendo apenas um corpo (que corpo!) bonito. Verdade que precisa ainda mais, mas está no caminho certo. Repito aqui: ele não chega perto do Christian Grey que imaginava nos livros. Mas Dornan mostrou um bom trabalho. Dakota Johnson é linda, isso ninguém nega, mas a cara de desânimo atrapalha um pouco. Ela também não é a Anastacia Steele que paira na minha imaginação literária. Se bem que está mais solta, com melhor química com o Jamie do que nos dois anteriores. Afinal, as cenas de sexo são bem mais detalhistas, para a alegria da mulherada do cinema. \\O//

O filme Cinquenta Tons de Liberdade fecha a bem-sucedida trilogia literária de E.L.James e ainda nos deixa com o gostinho de quero mais.

Delicie-se com o trailer:

Data de lançamento 8 de fevereiro de 2018 (1h 46min)
Direção: James Foley
Elenco: Dakota Johnson, Jamie Dornan, Eric Johnson
Gêneros Drama, Romance, Erótico

Ao contrário dos dois anteriores, esse quero ver novamente. Você que leu a trilogia, o que acha dos atores? Me dê a sua opinião.

Beijocas no coração

Mari Felix

 

Mari Felix

Jornalista, carioca, casada, mãe de dois filhos, admiradora de filmes, séries, livros e exposições. É uma romântica incorrigível, que chora até com filmes de comédia. Colunista na área de Filmes desde Fev/2015. No twitter pessoal . No Instagram pessoal .

Facebook Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales