Lanche saudável e prático: iogurte caseiro

por há 7 meses e 592 leituras

Eu sou uma formiga ambulante, pois amo doces, especialmente como sobremesa. A hora mais difícil do dia é depois do almoço, quando surge uma vontade absurda de comer algo rico em açúcar. O que fazer?

Geralmente eu apelo pro chocolate, pra paçoca ou pro que tiver na frente (risos). Mas agora eu descobri uma maneira de resolver essa vontade de comer doces de forma saudável: iogurte caseiro.

A receita é assim: esquente um litro de leite (prefiro longa vida) em uma panela, sem deixar ferver (pode desligar o fogo quando começarem a surgir as primeiras bolhas nos cantos). Deixe esfriar até você conseguir colocar o dedo por dez segundos sem se queimar e misture uma concha deste leite com um copo de iogurte natural industrializado (será a última vez que você vai comprar esse, ok?) Aí mistura o resto do leite, enrola o recipiente muito bem em um pano de louça e coloca dentro do forno (desligado) para que o fermento lácteo faça seu papel. Dentro de sete horas, aproximadamente, você terá um litro de iogurte delicioso, sem açúcar ou conservantes.

Gosto de colocar por algumas horas na geladeira, pois gelado o iogurte fica mais gostoso, mas ele estará pronto para consumo após esse período de descanso no forno. Agora é só acrescentar frutas picadas (adoro morango, banana, pera, manga), mel, coco em flocos, uvas passas, granola, açúcar mascavo, aveia, canela, etc. Use a sua imaginação!

Quando for fazer iogurte de novo, separe uma porção (mais ou menos um copo) para juntar ao leite, conforme as dicas acima. Por isso você não terá mais que comprar aquele do mercado.

Mais dicas:

– tem gente que usa muda de kefir no leite, em substituição ao iogurte industrializado (um cogumelo que age de forma semelhante ao fermento lácteo), mas para mim não deu certo porque temos que cuidar para a muda não morrer (é como aquele bichinho que as crianças tinham há vinte anos).

– Se você quiser iogurte grego, deve colocar um recipiente embaixo de um escorredor coberto com um pano de prato limpo, deixando-o escorrer por algumas horas. Quanto mais tempo deixar, mais consistente será. O soro que sobrar é o famoso whey protein, que poderá ser batido com sucos ou vitaminas.

– Se bater a preguiça de esquentar o leite em uma panela, pode colocá-lo no microondas por dois minutos em potência máxima. Só que aí ele esfria bem mais rápido, tem que cuidar pra não perder a temperatura ideal!

– O tipo do leite também interfere na cremosidade: o integral é o mais grossinho, mas ele é rico em gorduras. Então, fiz uma transição com semi-desnatado e agora já estamos fazendo com desnatado, que é mais ralo, porém mesmo assim possui boa consistência e é mais saudável.

– Dizem que pode durar até uma semana na geladeira, mas não posso afirmar porque aqui em casa sempre acaba no máximo em quatro dias. Isso porque também utilizamos o iogurte no preparo de molhos para salada.

É perfeito para o lanche da manhã, da tarde, para sobremesa depois do almoço ou quando bate aquela fome algumas horas após o jantar. Essa foto foi minha sobremesa de hoje: iogurte com banana, uvas passas, mel e coco.

Se algo ficou confuso, é só escrever comentários que eu terei prazer em responder. Faça, porque vale muito a pena!

Beijinhos da Nanda!

Nanda

(até 2017) De manhã: funcionária pública (secretária escolar). De tarde: leitora beta, redatora, corretora e revisora de textos. Em tempo integral: sou casada, tenho um filhote muito fofo de Yorkshire chamado Paçoca, sou viciada em livros e apaixonada por séries de TV, especialmente de culinária, Friends e The Big Bang Theory. Iniciei no portal em junho de 2013, na área de filmes, e um ano depois comecei a resenhar livros.

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales