Um caso perdido, Resenha II, @galerarecord

por há 3 anos e 299 leituras

Sinopse: Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras… Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente…

Gente, o que é esse livro! Tenho que declarar meu amor incondicional por Colleen Hoover, sério. Já ouvi coisas boas dos livros dela e comprovei ao ler Ugly Love (o lado feio do amor) e por causa dele resolvi ler a série Hopeless, que havia há tempos sido indicada por uma amiga.

Em “Um caso perdido” temos mais uma daquelas histórias com um drama muito real em muitas vidas e por isso me fez sentir muito a realidade disso, além da surpresa enorme quando eu comecei a desconfiar do desfecho, que de fato estava certo em parte, mas com um segredo ainda maior. Um caso Perdido já foi objeto de resenha da Anastácia aqui. Vamos lá:

Sky é uma adolescente de 17/18 anos que foi educada em casa mas decide enfrentar a mãe e ir para a escola regular no seu último ano, o que ela não contava é que sua melhor amiga e vizinha Six iria fazer intercambio e a deixaria enfrentar o ano sozinha e com a fama em parte verdadeira que Six passou para ela, sofrendo todos os efeitos disso com a crueldade dos adolescentes americanos.

Sky não saía de casa para ir à escola, mas saía com Six e recebia garotos no seu quarto, indiscriminadamente, então a fama era bem fundamentada. Embora a  interação com os garotos não fosse tão séria, eles contavam uma história diferente.

Ela é cheia de esquisitices: não gosta de presentes, não gosta de apelidos e sua mãe adotiva não permite que tenha telefone ou TV em casa por causa dos males da tecnologia nas relações humanas, o que ela nunca questionou de fato, já que Karen a adotou aos 5 anos e é uma boa mãe.

Em sua primeira semana na escola, Dean Holder a confunde no supermercado por outra pessoa. Mais tarde, desfeita a confusão, os dois se encontram coincidentemente e conversam um pouco mais e iniciam uma amizade conturbada pelas suposições sobre ele que Sky faz.

O problema é que Holder esconde algo dela, algo que pode acabar com a vida que construiu e habilidosamente escondeu no fundo de seu subconsciente e a proximidade com ele desperta lembranças a tempos deixadas para traz.

É a partir daqui que as reviravoltas acontecem. Você, Sky e eu precisamos ser fortes para entender os monstros envolvidos nessa história e quem são de fato os verdadeiros monstros.

Leia, você não vai se arrepender! Depois de Um caso perdido, ainda temos a versão de Holder em “Losing Hope” que é igualmente desconcertante e deu uma acertada no final do primeiro, que eu queria ver mais do que aconteceu quando outros souberam a verdade e temos um pequeno livro/conto que é “Finding Cinderela” ou “Em busca de Cinderela” que é sobre o amigo do casal Sky e Holder.

Vou dar CINCO smileys por toda a carga emocional e beleza dessa história, leia e veja porque ;)

mileymileymileymileymiley

 

Curta, comente e compartilhe. Te vejo depois do próximo “fim”.

Kisses :*

 

Ficha Técnica:
Título: Um Caso Perdido
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2014
Páginas: 384
Skoob: Um Caso Perdido

 

 

 

Amanda

Hey pessoas! Sou Advogada, tenho 23 anos, Sul-mato-grossense, Nerd assumida, amante de livros, música clássica e rock; mais falante que o burrinho do Shrek e incapaz de deixar uma sala em silêncio por mais de 1 min - pelo menos dizem que sou engraçada, vai saber. Não sou hiperativa, mas tô quase lá! Ah e por fim, uma romântica incorrigível - não aceito final triste em livros, NEVER - #Feliz :D

Facebook Instagram Twitter Google+

2 comentários para “Um caso perdido, Resenha II, @galerarecord”

Anastacia

Amanda não tem como não amar a CoHo né?!?! Esse livro é maravilhoso!!! Apesar de ter ainda não li Ugly Love, mas já é uma das minhas metas do início de 2016.
Adorei a resenha!
Bjs

Trackbacks/Pingbacks

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales