Senhora, José de Alencar.

por há 2 anos e 2007 leituras

“Aurélia Camargo, filha de uma pobre costureira e órfã de pai, apaixonou-se por Fernando Seixas – homem ambicioso – a quem namorou. Este, porém, desfez a relação, movido pela vontade de se casar com uma moça rica, Adelaide Amaral, e pelo dote ao qual teria direito de receber.
Passado algum tempo, Aurélia, já órfã de mãe também, recebe uma grande herança do avô e ascende socialmente.Passa, pois, a ser figura de destaque nos eventos da sociedade da época.
Dividida entre o amor e o orgulho ferido, ela encarrega seu tutor e tio, Lemos, de negociar seu casamento com Fernando por um dote de cem contos de réis. O acordo realizado inclui, como uma de suas cláusulas, o desconhecimento da identidade da noiva por parte do contratado até as vésperas do casamento.
Ao descobrir que sua noiva é Aurélia, Fernando se sente um felizardo, pois, na verdade, nunca deixara de amá-la. E abre seu coração para ela.
A jovem, porém, na noite de núpcias, deixa claro: “comprou-o” para representar o papel de marido que uma mulher na sua posição social deve ter. Dormiram em quartos separados. Aurélia não só não pretende entregar-se a ele, como aproveita as oportunidades que o cotidiano lhe oferece para criticá-lo com ironia. Durante meses, uma relação conjugal marcada pelas ofensas e o sarcasmo se desenvolve entre os dois.”

Aurélia, uma pobre órfã de pai, conhece Seixas, o amor da sua vida. Estava tudo resolvido de que Seixas iria se casar com Aurélia assim que tivesse uma condição financeira melhor, mas ele havia se esquecido que além de si próprio ainda teria que ajudar sua mãe e suas duas irmãs a se sustentarem, então ele recebe a proposta de se casar com Adelaide, uma moça consideravelmente rica que lhe oferece um dote de trinta contos de réis. Sem pensar muito Seixas aceita a proposta.

Aurélia fica então, abandonada, desenganada do amor e com uma terrível sede de vingança de Seixas. Até que ela perde sua mãe e seu irmão, descobre que seu avô paterno é extremamente rico, o avô acaba morrendo também, assim sobrando apenas ela de herdeira, ou seja, ela passa de muito pobre para muito rica em questão de dias, podendo assim concluir sua vingança por Seixas.

E qual seria essa vingança? Casar-se com ele… Por um dote de cem contos de réis (porque se eu tenho um crush e ele não me quer, é óbvio que eu compro ele! Hahaha). Então Seixas fica sendo humilhado pela mulher que amou/ama por um bom tempo.

“- Deve estranhar esta febre de divertimentos? disse ela ao marido. É uma febre, é; mas não tem perigo. Quero que o mundo me julgue feliz. O orgulho de ser invejada, talvez me console da humilhação de nunca ter sido amada. Ao menos gozarei de um aparato de ventura. No fim das contas, o que é tudo neste mundo senão uma ilusão, para não dizer uma mentira? Assim desculpe se o incomodo, tirando-o de seus hábitos para acompanhar-me. Há de reconhecer que mereço esta compensação.”

O livro é totalmente diferente do que eu imaginei… Quando fui ler, me explicaram o livro de um jeito que eu pensei que o Seixas fosse um idiota interesseiro que maltrata as pessoas para se dar bem, tornando ele o vilão da história, mas eu acho que na verdade, a Aurélia que ficou sendo malvada e mimada o livro inteiro, e também se for olhar de outro ângulo, os dois foram enganados todo o livro pelo tio da Aurélia que impediu/manipulou o casamento da primeira vez.

O livro também é muito complicado de entender, então tem grandes chances de eu não ter entendido bulhufas sobre ele (então se você leu o livro e entendeu de outra forma, deixe nos comentários haha), mas de acordo com o que eu li e entendi, eu até que gostei do livro, claro que algumas partes me deram muitas dores de cabeça tentando entender o que eu estava lendo, mas no geral é bom, por isso, do a ele quatro coroas.

quatro coroas

Ficha Técnica:

Autor: José de Alencar

Páginas: 239

Ano: 1865

Skoob: Senhora

Então é isso pessoal, não se esqueçam de deixar um comentário me dizendo o que acharam do livro e da resenha. Abraços da Lívia!

Megan Fox

Lívia

Hey, hey, hey! Sou estudante do ensino médio, leitora desde os quatro anos de idade, louca por livros, músicas, filmes, séries e animais. Tenho um pavor não muito secreto de spoiler (mas amo dar spoiler para os outros haha). Chorona de carteirinha, apesar de não gostar muito de histórias dramáticas (como eu sempre digo, de dramas já bastam os meus haha), mas amo romances misturados com outros gêneros. Amo fadas, unicórnios e semelhantes, afinal meu gênero preferido para livros e etc. é fantasia *-*. Atualmente, dando uma de fangirl por qualquer coisa que seja interessante aos meus olhos e ouvidos!

Facebook Instagram Twitter Google+

2 comentários para “Senhora, José de Alencar.”

Amanda Essi

Sua Resenha reflete meus pensamentos sobre esse livro! kkkkk
Li na adolescência, quando tudo o que tinha disponível eram os clássicos, mas que eu amava.
Não me lembro muito, o que me lembro é o que vc falou na resenha, que está justa e sincera – Parabéns, acho que preciso ler de novo, mas lembro bem que a Aurélia era uma vaca com o Fernando, embora, para mim, ele merecia mais! HAHAHA Sou do mal.
Amei a Resenha, Beijos :*

    Lívia

    Hahaha coitado Amanda!!! E obrigada :3

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales