Resenha O Desempregado do Amor, Editora Estande do Autor.

por há 4 semanas e 202 leituras

Sinopse: “Me cadastrei em todos os aplicativos de casais que existem. Buscava mulheres onde quer que eu ia. Marias, Joanas, Anas e tantas outras fariam com que meu coração se enrijecesse de tal forma que eu me tornei o cara mais sem escrúpulos que poderia haver em matéria de romance (…) Eu não tinha muito critério. Saía com uma mulher diferente a cada semana. Nos finais de semana era pior. Duas ou três por dia. Tive que montar uma agenda para conciliar todos os horários. Minha família sabia que eu estava fazendo merda e o que mais temiam era que eu tivesse mais um filho”.

Sempre que posso tento ler livros de autores nacionais, pois são tão bons e surpreendentes quanto os da literatura estrangeira, fico muito grata pela oportunidade de conhecer mais um trabalho brasileiro e com tamanha diversidade de temas impactantes que envolve a procura do Amor verdadeiro!

O desempregado do Amor já chamou minha atenção para o titulo bem sugestivo, onde imaginei se tratar de um homem malandro, conquistador e destruidor de corações, que não consegue se manter com apenas um relacionamento e que ama demais e por conta disso não se apega a ninguém.

Terrível engano meu, pois apesar do personagem possuir todas essas características é baseado em situações reais e ele ganhou tal apelido por amar e se entregar demais em alguns relacionamentos que o dilaceraram e por destruir relacionamentos que dariam certo pelo simples fato de se sentir atraído por outro rabo de saia, são incontáveis erros desde da primeira fase até a ultima.

“O que é belo para mim pode ser horrível para você e feio para outros. Mas mais do que a beleza ser fundamental é preciso ter pele, admiração e conversa. Essa última, então, talvez seja a mais importante. Apesar de o tesão e de o toque serem indispensáveis, os corpos envelhecem, mas uma boa conversa não tem idade”. _Pág. 081

Porém o melhor são os ensinamentos e o amadurecimento que ele agrega a cada tombo, apesar de todo sofrimento, fico admirada pelo fato dele não desistir de buscar o amor, mesmo no fundo do poço, onde muitos tirariam suas vidas, ele buscou força na sua fé e superou muitos obstáculos para continuar vivendo.

Mesmo tendo odiado suas atitudes em muitos relacionamentos ,acreditei que ele merecia ser feliz e sei que a maioria das pessoas que lerem vão torcer por ele, pois mesmo com suas atitudes as vezes machista, ele tinha princípios e um dos mais importantes com certeza era o de respeitar a vontade de sua parceira!

Um livro que fala sobre o amor em todas as suas fases: felicidade, cumplicidade, conexão carnal e intelectual, como as piores dores, sofrimento, abandono, traições, solidão, doenças, mas apesar dos pesares, a certeza que continuar em frente será sempre a melhor escolha, pois apesar das desilusões, nós seres humanos não nascemos para viver sozinhos.

Uma leitura de muita reflexão e aprendizado, onde descobrimos que somos todos vilões e heróis, pois para se ter a pessoa certa (na maioria da vezes) passamos por muitas erradas e quando todo relacionamento chega ao fim, uma das partes sempre sairá mais ferida, as vezes seu lado, outras vezes o outro, mas nunca poderemos eliminar essa fase do nosso amadurecimento sentimental, o livro merece quatro Corujas!

Ficha Técnica:       
Skoob: O Desempregado do Amor
Autor: Nathan Minto/ Thiago Muniz/ Fernando Drummond
Editora: Estande do Autor
Páginas: 212
Ano: 2018

 

Para quem aprecia uma leitura reflexiva esse livro é uma ótima pedida, garanto que será uma experiência excelente e enriquecedora, vale a pena conferir ;) Espero que se emocionem e torçam pela felicidade do personagem real, para aqueles que já leram, adoraria saber as opiniões de vocês! Até a Próxima.

Kisses da Er.

Erlane

Oi pessoal sou a Erlane, mas podem de chamar de Er, um apelido muito carinhoso que ganhei aqui no portal. Sou pernambucana, formada em Ciências Biologias e atualmente fazendo minha pós-graduação em Gestão Ambiental, casada e muito apaixonada, minhas outras paixões são a natureza, os animais “em especial meu gatinho (filho) que amo Floquinho”, exportes radicais e toda a vida em si. Porem minha grande paixão são livros, filmes e algumas séries. Sou simplesmente uma romântica incurável ! ;)

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales