Resenha O amor não tem leis – O julgamento final, Editora Paralela

por há 1 mês e 63 leituras

Sinopse: “Um trágico acontecimento obriga a jovem a abandonar Alexandre Ferraz no momento em que ele mais precisa dela. Sentindo-se culpada pelo acidente que pode ter tirado a vida de Diego, irmão de Alexandre, Maria Clara não vê outra alternativa a não ser fugir e buscar consolo nos braços de Derek Mayer, o ex-namorado.
Desesperado, Ferraz não consegue entender como ela teve coragem de desaparecer. Com a tragédia que atingiu o irmão, ele descobrirá que o que sente por sua menina é mais forte do que imaginava.”

E aí, gente? Tudo bem? É, eu andava um pouco sumida, ainda me recuperando da ressaca literária que o livro me causou. E aconteceu aquele fenômeno que muita gente irá se identificar: até a metade do livro você está o comendo, depois você quer ir bem devagar por medo de ele terminar rápido.

O amor não tem leis – O julgamento final é o desfecho da história de Maria Clara e Alexandre Ferraz contada em O amor não tem leis. O que parecia que era um conto de fadas (epa! A Clara não acredita nisso) se transformou num pesadelo tanto para Alexandre quanto para Clara. Ela o abandonou na hora que ele mais precisava dela, mas Clara se sente tão culpada pelo acidente que quase tirou a vida de Diego, seu cunhado. Afinal, todos que a cercam e querem a proteger acabam partindo. Clara está desperdiçada novamente, e assim como aconteceu da primeira vez, ela correu para os braços do roqueiro Dereck Mayer. Ela sabe que sempre encontrará ali amor, consolo e sexo. Só resta saber se Dereck está disposto ser tudo isso para Clara.

Entrei no meu quarto, deixei a bolsa em cima a cômoda e andei em direção ao banheiro. Tirei toda a minha roupa e liguei a água fria. De dois meses para cá eu me acostumei a tomar banho gelado, pelo menos assim eu tentava anestesiar meu sofrimento. Coloquei o celular sobre o balcão e liguei a música, na esperança de que isso me acalmasse. Mas ela teve o efeito contrário, pois ‘So Far Away’, do Avenged Sevenfold, não ajudava em nada alguém que estava disposta a parar de sofrer.

 

Alexandre não consegue entender o que fez Clara o trocar por Dereck, ele acreditava que a história deles era para valer. Mas agora não irá pensar nisso, pois precisa descobrir quem está por trás do acidente de Maria Clara e Diego. Mantendo ela distante conseguirá mantê-la em segurança, ainda mais agora que ela está formada e trabalhando para o dr. Alberto. Ferraz só espera que dr. Alberto não tente nenhuma gracinha com a sua menina.

Até aquele momento, sofrimento era uma palavra ainda desconhecida para mim. Confesso que descobri seu significado da forma mais dolorosa possível. Não conseguia aceitar e muito menos suportar. Era uma dor que rasgava meu peito, meu coração sangrava e minha alma parecia não frequentar mais meu corpo. Eu amava Clara, como jamais amei outra pessoa em minha vida. Mas, com a mesa intensidade que esse amor chegou, o ódio tomou contar de mim. Nunca a perdoaria, o que Clara fez destruiu os sentimentos que havia pouco eu tinha descoberto que existiam. E por mais que eu ainda a amasse como um louco, por mais que meu corpo clamasse pelo dela, por mais que as noites fossem vazias e geladas sem sua presença, eu não voltaria atrás. Clara era passado, um passado que eu queria esquecer que um dia existiu.

 

Bem, com as palavras acima tentei não dar muito spoiler, pois a história é cheia de detalhes que levam ao mistério: querem Maria Clara fora da vida de Alexandre Ferraz. Ou seja, não é só um romance hot, é um romance hot suspense. Melhor, impossível.

Além de poder acompanhar todo o desenrolar a história de Clara e Dereck, pude voltar a dar boas risadas com o casal Laís e Bruno, mas senti falta de mais presença do Nando. Alguns pontos que ficaram abertos no primeiro volume são explicados nesse segundo. E sobre o mistério? É de deixar de queixo caído. Juro que nem suspeitei…

Não preciso falar aqui sobre a escrita de Camila Moreira, como sempre maravilhosa e minuciosa nas palavras. Me fizeram assistir a história de Clara e Alexandre de camarote. Assim como aconteceu como o primeiro, o segundo me surpreendeu. E já quero a história do Bruno.

Tenham Camila Moreira na sua estante!

 

 

 

 

O amor não tem leis – O julgamento final

Autora: Camila Moreira
Páginas: 263
Formato: 16.00 X 23.00 cm
ISBN: 978-85-8105-237-3
Selo: Paralela

Beijocas no coração

Mari Felix

 

Mari Felix

Jornalista, carioca, casada, mãe de dois filhos, admiradora de filmes, séries, livros e exposições. É uma romântica incorrigível, que chora até com filmes de comédia. Colunista na área de Filmes desde Fev/2015. No twitter pessoal . No Instagram pessoal .

Facebook Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2019 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales