Resenha Menina Veneno, editora Galera Record

por há 4 semanas e 67 leituras

Contada sob a perspectiva ferina e cheia de humor ácido de Malvina, a madrasta, essa história vai te surpreender. Da mesma autora da série best-seller Perdida. Você conhece a história de uma certa princesa que sofreu inúmeras tentativas de assassinato por sua madrasta, uma delas com uma maçã envenenada. O bem contra o mal, a indefesa donzela ameaçada pela perversa Rainha… É bonito, não é mesmo? Francamente, me embrulha o estômago só de falar dessa história da carochinha. Eu não sou uma bruxa, não sou má e eu nunca planejei matar ninguém. Por anos, fui a maior modelo do planeta, o nome mais poderoso do mundo da moda… Até o dia em que a insossa da minha enteada, Bianca, roubou a minha maior campanha. Dá pra acreditar? Bianca é tão sonsa… e tem esse arzinho azedo e avoado que me dá vontade de voar no pescoço dela… Eu sei, parece mesmo que eu fiz tudo o que a imprensa me acusa de ter feito. Mas não foi bem assim. Senta aqui e me ouça até o fim. Depois me diga se acha mesmo que mereço o título de Rainha Má… Talvez só Rainha seja muito melhor.

Hello minha gente Amandinha na área, primeira resenha de 2018. Eu tava com saudade gente, mas eu ando tãoo atarefada, não tava com tempo para nada. :(

Mas agora estou aqui, e quero compartilhar com vocês uma das minhas últimas leituras que foi Menina Veneno da querida Carina Rissi publicado pela Galera Record.

A historia conta uma versão nos tempos de hoje da Branca de neve, com direito a poções, espelhos, madrasta e uma mocinha.

Lendo o livro confesso para vocês que até torci pela Malvina (que faz o que seria a versão da madrasta malvada), mas que na verdade não passa de uma pessoa insegura.

O mundo de Malvina é o da moda, do glamour, da badalação. Ela está acostumada a ter todos os homens aos seus pés.

Quando um rapaz que ela conhece em um coquetel acaba se interessando mais por sua enteada Bianca ela perde totalmente as estribeiras.

Bianca (que seria a branca de neve da história) é uma menina sem sal (na minha opinião) , e Malvina não consegue entender como ela conseguiu chamar a atenção do rapaz.

Malvina meche com fórmulas, sim ela faz seus próprios cremes e alguns elixir.

Em um plano mal planejado, e totalmente infeliz ela tenta dar um sumiço na enteada Bianca, já que ela além de roubar atenção do rapaz que ela está interessada, também roubou o lugar de Malvina na campanha da “Menina Veneno” o que foi o estopim para Malvina.

E aí eu vou deixar você ler o livro e tirar as próprias conclusões e descobrir como se desenrola essa comédia com uma mistura de mocinha e bandida. :)

Ahh!! Há rumores que haverá um segundo livro, e eu já estou na espera.

Mas me contem, vocês já leram esse livro?

Vocês também (ás vezes) preferem a vilã, a bruxa ou a malvada á mocinha?

Meio estranho né? Mas eu gosto!! Haha’

Me contem a opinião de vocês, e por favor deixem um comentário.

Cinco estrelas para essa leitura

 

 

Beijinhos, e até a próxima!! ;*

Um comentário para “Resenha Menina Veneno, editora Galera Record”

Ju Lund

muito legal!

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales