Resenha A Incendiária, Editora Suma.

por há 4 meses e 102 leituras

Sinopse: “Uma criança com o poder mais extraordinário e incontrolável de todos os tempos. Um poder capaz de destruir o mundo. Após anos esgotado no Brasil, A Incendiária volta às livrarias como parte da Biblioteca Stephen King, coleção de clássicos do mestre do terror em edição especial com capa dura e conteúdo extra. No livro, Andy e Vicky eram apenas universitários precisando de uma grana extra quando se voluntariaram para um experimento científico comandado por uma organização governamental clandestina conhecida como “a Oficina”. As consequências foram o surgimento de estranhos poderes psíquicos — que tomaram efeitos ainda mais perigosos quando os dois se apaixonaram e tiveram uma filha. Desde pequena, Charlie demonstra ter herdado um poder absoluto e incontrolável. Pirocinética, a garota é capaz de criar fogo com a mente. Agora o governo está à caça da garotinha, tentando capturá-la e utilizar seu poder como arma militar. Impotentes e cada vez mais acuados, pai e filha percorrem o país em uma fuga desesperada, e percebem que o poder de Charlie pode ser sua única chance de escapar”.

A Incendiária é um livro dos anos 80, mas que foi relançado pela Editora Suma em uma edição em capa dura belíssima e que faz parte da Biblioteca Stephen King. Nunca tive contato com o livro e nem assisti filme inspirado, mas a leitura me surpreendeu muito como o King sempre consegue.

Neste livro, na cidade de Harrison nos Estados Unidos, Andy McGee e Vicky Tomlinson são dois universitários que aceitam participar de um experimento científico controlado por uma organização governamental denominada “A Oficina”, como precisavam de dinheiro, aceitaram e também foi garantido que não teriam efeitos colaterais graves.

Na verdade, o objetivo era desenvolver habilidades Psiônicas, ou seja, conseguir utilizar a mente para algum fenômeno sobrenatural, é o caso da telepatia. Nos testes as coisas acabam saindo de controle e muitas “cobaias” são prejudicadas, mas os efeitos em Andy e Vicky não são alarmantes e a Oficina não se preocupa. Os dois acabam se envolvendo e tendo uma filha, a Charlie.

Charlie demonstra que herdou um poder incontrolável e que pode fazer fogo com a mente, o que causa vários problemas para os pais, pois as vezes acontece e a garotinha não tem controle. Esse poder acaba atraindo atenção da Oficina, que deseja utilizar a garota para objetivos estatais, ou seja, uma arma para os Estados Unidos. Por isso, é preciso deixar a garota longe dessas pessoas, mas talvez seu poder possa ajudar com isso, a questão é não conseguir controlar, o que pode complicar tudo.

É bastante interessante os elementos narrados por Stephen King, além de uma ficção científica, mesmo tendo elementos sobrenaturais, é claro sua crítica ao controle do governo e até mesmo experimentos ilegais que prejudicam diversas vidas e como o governo pode tentar de tudo para alcançar seus interesses, não importando muitos quantos afetam. Para esse livro ótimo, darei quatro cupcakes, apenas por não ser um dos meus favoritos, mas de certeza vale a pena ler.

Ficha Técnica:

Skoob: A Incendiária

Autor: Stephen King

Editora: Suma

Páginas: 448

Ano: 2018

Onde Comprar: Americanas, Saraiva, Amazon, Submarino.

Espero que tenham gostado e se aventurem cada vez mais nas obras do King. Até a próxima.

EveLlin

Olá, eu sou a Evellin, mas me chamam de Eve. Sou do interior de Pernambuco, mas atualmente moro em João Pessoa, pois estudo Relações Internacionais na UFPB. Adoro ler e também gosto bastante de assistir séries e filmes. Gostaria de conhecer outros países, mas também conhecer vários lugares do Brasil, pois sou fascinada por outras culturas, pontos turísticos e características específicas de cada nação, já fiz um intercâmbio para o Canadá e foi uma experiência incrível. :)

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales