Resenha II de Jogos Macabros, @GloboLivros.

por há 11 meses e 222 leituras

Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros. O“Stephen King da literatura juvenil” ficou famoso na década de 1990 com a aplaudida coleção Rua do Medo. Quase duas décadas depois do último volume, Stine atende aos pedidos dos leitores e lança o livro inédito Jogos macabros, publicado no Brasil pela Globo Alt.

Tal como os outros títulos da coleção, a história se passa na velha cidade de Shadyside, nos EUA, conhecida por ser palco de acontecimentos misteriosos e aterrorizantes envolvendo os alunos da escola local. Todos na região conhecem a excêntrica e rica família Fear, e sabem também do passado terrível que os assombra. Apesar desses histórico nada promissor, Brendan Fear parece ser um garoto diferente de sua família. Gentil e simpático, o jovem vive rodeado de colegas e chama a atenção de Rachel Martin, uma garota simples, colega de classe dele.

Quando o aniversário de Brendan está prestes a chegar, ele começa a planejar uma comemoração um tanto diferente na isolada ilha do Medo, onde existe um casarão de veraneio pertencente à família Fear. Rachel é uma das convidadas para passar o final de semana no local sombrio e, contrariando os avisos dos amigos, decide ir. No caminho, coisas estranhas já começam a acontecer e, ao chegarem à mansão, Brendan dá as coordenadas para o início de um jogo que se revelará o mais mortal de todos.

Repleto de reviravoltas, Jogos macabros mantém o leitor apreensivo da primeira à última página. Como todo bom enredo de R. L. Stine, a história dá espaço a fantasmas, assassinato, traição e romance, e marca, enfim, um retorno triunfal do autor à Rua do medo.

Que saudade que eu estava de ler um livro do meu autor preferido de todos os tempos, e mais uma vez na Rua do Medo (que nostalgiaaaaaa *-*). Ok, vamos ao que interessa…

Rachel Martin, uma garota perfeitamente comum, que trabalha como garçonete é inesperadamente convidada para a festa de aniversário de Brendan Fear, que é ~sem meias palavras~ o crush dela (mas que eu como a paranoica que sou, poderia ser o crush mais supremo, mas se ele tivesse esse sobrenome eu passava longe dele hahaha), e a festa seria na ilha do Medo.

“-Minha família tem um casarão antigo de veraneio, na ilha do Medo. Sabe, no meio do lago? Vamos abri-lo para a festa. Vai rolar a noite toda, até amanhecer.”

Mas tudo e todos estavam indicando a Rachel que seria uma péssima ideia ir nessa festa, ela já sabia das lendas que rondavam os Fear, sua melhor amiga estava com um mau pressentimento quanto à essa festa, coisas estranhas aconteceram depois que ela foi convidada e ela teve pesadelos que envolviam o Brendan, mas ela obviamente ignorou todos esses sinais e foi assim mesmo. E então a merda já estava feita…

“Brendan, com seu rosto de rato, abria a boca. Tinha presas curvas, que pingavam sangue. Virei e corri, corri em meio às árvores escuras. Brendan veio atrás de mim. O riso frio e cruel me seguia. Eu corria, corria, mas não conseguia deixá-lo para trás.”

Pausa na programação para admirar e enaltecer o trabalho de R.L. Stine: gente, não tem um livro dele que eu tenha lido e não gostei, todos são muito bem planejados, até mesmo quando percebemos que ele claramente não quer escrever um livro muito incorporado, o livro ainda fica bom. Outro detalhe que gostaria de destacar é o fato de R.L. Stine ser um homem de mais de 70 anos que escreve sobre adolescentes muito bem, pois fico um tanto agoniada quando os autores escrevem sobre jovens sempre como pessoas fúteis, egoístas e de vez em quando com uma inteligência duvidosa, mas isso não acontece com o Robert (já criamos intimidade o suficiente para eu chamá-lo com o primeiro nome haha).

Ficha Técnica:

Autor: R.L. Stine

Editora: Globo Alt

Páginas: 280

Ano: 2016

Skoob: Jogos Macabros

Onde comprar: Amazon

Abraços da Lívia!

Lívia

Hey, hey, hey! Sou estudante do ensino médio, leitora desde os quatro anos de idade, louca por livros, músicas, filmes, séries e animais. Tenho um pavor não muito secreto de spoiler (mas amo dar spoiler para os outros haha). Chorona de carteirinha, apesar de não gostar muito de histórias dramáticas (como eu sempre digo, de dramas já bastam os meus haha), mas amo romances misturados com outros gêneros.
Amo fadas, unicórnios e semelhantes, afinal meu gênero preferido para livros e etc. é fantasia *-*. Atualmente, dando uma de fangirl por qualquer coisa que seja interessante aos meus olhos e ouvidos!

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales