Resenha II – Correspondidos, Editora Hope

por há 2 meses e 108 leituras

Será que se pode viver baseado em números? Viver de uma forma totalmente exata?
Everton Marra tenta acreditar que sim e poderíamos dizer que sua vida é conduzida pelos números 1,2 e 3.
1: Em 1º lugar como profissional. – O melhor naquilo que se propõe a fazer, sempre!
2: Em 2º lugar no amor. – Foi traído durante anos por Ana, a mulher que achou que levaria para o altar, chegou tarde demais quando conheceu Barbara, ela estava comprometida com seu irmão.
3: Em 3º sargento do exército militar. – Convocado para uma missão de paz num país cercado pela fome e pelas injustiças, Everton está mais do que disposto a encarar qualquer desafio imposto pela vida que insiste em o deixar cada vez mais longe de um amor.
Mas e se o amor resolver o encontrar de uma maneira romântica, sutil, à moda antiga, será que ele o entenderá?
Nem tudo são números. Às vezes, as melhores e maiores coisas vêm escritas. Everton quebrará seus conceitos?
O mundo exato te mantém na linha, no controle. Mas o sentimento está, além disso, estão nas entrelinhas do coração, na poesia de suas batidas, escritas à mão. Cartas são feitas de letras e o amor — Ah o Amor, sempre arruma um jeito de te mostrar, que pra ser correspondido, basta abrir os olhos e ler suas linhas.
Você está pronto para lê-las?

Oie! Que grata surpresa receber o livro Correspondidos da Editora Hope. Terminei rapidamente o livro que estava lendo para pegá-lo, tamanha foi a curiosidade pela capa.

Everton Marra é um rapaz que já sofreu duas vezes por amor, então decide colocar a sua carreira militar como prioridade. E ele é bom no que faz. Um dia, o 3º sargento encontra um baú com 14 cartas e alguns objetos. Já na primeira carta Everton se sente conectada com a remetente: Liz Minakawa. E a cada carta lida ele vai se envolvendo com Liz. Um detalhe: as cartas foram escritas há seis anos, e ela estava de mudança para o Japão, mas colocou o endereço de lá, caso a pessoa que as encontrasse pudesse corresponder. E assim Everton faz. O que ele não esperava é que Liz viesse ao Brasil encontrá-lo e que esse encontro marcaria para sempre a vida deles. Afinal, Ela é fogo e ele é água.

O livro tem 453 páginas, mas poderia ter 300 sem alterar em nada. Explico. Correspondidos é engordurado, muitos trechos são desnecessários para a história. Sem contar que o personagem Everton é surreal, melodramático e meio chato (até o colega dele, Felipe, é mais interessante). Nos trechos dos seus pensamentos são as partes engorduradas do livro.

Gostei da Liz e seria facilmente sua amiga. E amei conhecer a família Marra, consegui identificar bem a família brasileira suburbana. Fiquei fã da mãe do Everton e consegui visualizá-la ao ler suas frases e as suas broncas. kkk

A história de Everton e Liz é bonita e tal, mas pecou no excesso de pensamentos melosos, e entendo que o sargento é sensível por dentro, apesar de todo a pose de durão, mas ficou apelativo. O enredo é legal, consegue te prender em alguns momentos de tensão e tesão. Para aquelas que gostam de história bem melosa esta é uma boa opção.

Vamos para a parte gráfica. Conforme falei no início, gostei da capa. Mas ela me remeteu para um outro enredo, a capa e a história não conversam entre si, apesar das singelas cartas ao fundo. O projeto gráfico é muito lindo, porém a diagramação é ruim, não tiveram muito cuidado em não deixar viúvas (última frase do parágrafo começando página). A revisão deixou a desejar, a falta de vírgulas em alguns diálogos dificultou a compreensão.

Correspondidos passa uma mensagem sensacional, a de não deixar que as limitações dificultem a sua caminhada, a sua missão.


A PARTIR DE HOJE…

“A partir de hoje,

Olharei as coisas com amor

e renascerei…

Amarei o sol,

pois aquece meu corpo…

No entanto,

amarei a chua,

pois purifica o meu espírito…

Amarei a luz,

pois me mostra o caminho…

Amarei também a escuridão,

pois me faz ver as estrilas…

Receberei a felicidade,

que engrandece meu coração,

mas tolerarei a tristeza,

pois abre minha alma…

Receberei as recompensas,

pois elas me pertencem,

mas também aceitarei de bom

grado os obstáculos, pois eles

são os meus desafios…

A partir de hoje,

Olharei as coisas com amor e renascerei…” – Manuel Couto


Enfim, é um livro bom, mas com pequenos deslizes, tenho certeza que os posteriores (esse é o 2 da série Recomeços) da autora são ótimos. O primeiro da série é o Pirados e o terceiro é Marcados.

Quer uma segunda opinião? Dê uma olhada no que diz a amiga Ju clica aqui.

Ficha Técnica: 
Autora: Camila Martins
Páginas: 517       Ano: 2016
Skoob: Correspondidos (Recomeços 2)
Onde comprar:  Amazon// Loja Hope

Beijocas no coração

Mari Felix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mari Felix

Jornalista, carioca, casada, mãe de dois filhos, admiradora de filmes, séries, livros e exposições. É uma romântica incorrigível, que chora até com filmes de comédia. Colunista na área de Filmes desde Fev/2015. No twitter pessoal . No Instagram pessoal .

Facebook Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales