Resenha Especial: A Rebelde do Deserto @editoraseguinte

por há 6 meses e 201 leituras

Que tal um livro sobre a busca pela liberdade e esperança, com uma protagonista forte e muita fantasia? Vemmmmm ler… A Rebelde do Deserto.

Sinopse:

“O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.
Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.
Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade.”

[Suspiros]

Um livro que já possui QUATRO resenhas aqui no Portal é um livro de sucesso e, sendo assim, não pude negar de fazer uma nova resenha sem citar todas as anterior. Pois é, senta que lá vem RESENHÃO de um livro que conquistou meu coração!

“Areia, bêbados, apostas e pistolas esse é começo do livro, no começo você tem aquela sensação de velho oeste, mas Hamilton consegue fazer você entrar no mundo da mil e uma noites. O cenário dessa história é o deserto de Miraji,um lugar fictício onde predomina a cultura indiana onde as mulheres são submissas e exclusas que qualquer interação social.” [leia essa Resenha na íntegra Aqui, by JuTorres!]

A primeira coisa que me chamou atenção foi a capa, depois os comentários das colegas da Blogsfera e por fim li a sinopse que está ai em cima. Eu amo tramas com personagens adolescentes, ainda mais guerreiras e sonhadoras, em A rebelde do deserto encontrei tudo isso.

Com personagens bem construídos, detalhados na medida e uma narrativa leve, somos apresentados as suas vidas e guiados com fantasia em seus mundos onde fugir é o maior prêmio a ser conquistado. Ali, no deserto, Amani (nossa protagonista) vive super triste até ver em uma competição a forma mais certa de ter um novo futuro longe dali. Porém, no seu caminho estão dois garotos aos quais ela precisa superar!

“Vestida como um garoto ela compete até chegar a final, onde se depara com um forasteiro, ela é o bandido dos olhos azuis, algo incomum para alguém da sua vila. Junto com o forasteiro ela se mete em muita confusão e acaba sendo obrigada a desistir do premio que a levaria embora dali.” [Espie o comentário completo da Paty, Aqui!]

Nada dá certo em seus planos, frustrada volta para casa e é desolador pensar em Amani. A autora tem um belo talento e me senti transportada (não só para sua cidade no meio do deserto) para a vida dessa menina.

Seguindo em frente, conhecemos melhor Jin e a magia toma conta da trama quando ele chega num cavalo mágico. Surpresas e mistérios, além de aventuras, são as descobertas que nos esperam a cada virar de página. (obrigada Ju Torres por emprestar seu livro!)

“Jin é um forasteiro cheio de ideias, todas elas nada boas. Mesmo que a princípio a vontade de Amani seja se afastar do homem, pode não ser bem isto que aconteça. Afinal, ela irá passar muito tempo com ele e sentimentos um tanto fortes serão criados.” [By Nanda]

Acho (na verdade tenho certeza) que o grande ponto alto desse livro é a mensagem aparente: Seja mulher (como nossa protagonista) ou homem, pobre e da cultura que for… NÃO seja submissa ao machismo. Todos temos o direito de poder fazer as escolhas para nossas vidas e quem ouvir o chamado da libertação, deve o ouvir. Ser livre!

Sobre a autora:

“Alwyn Hamilton nasceu em Toronto e passou a infância saltando entre Europa e o Canadá até seus pais se estabelecerem na França. Ela cresceu em uma pequena cidade de lá, o que poderia obrigá-la a colocar aleatoriamente bem alto a música de abertura de A Bela e a Fera se não fosse por seu tom de surdez. Ao invés ela tentou ler e escrever o seu caminho para novos lugares e desenvolveu uma fraqueza por fantasia e heroínas se vestindo com roupas de homens. Ela deixou a França e foi para a Universidade de Cambridge para estudar História da Arte na King’s College, e depois foi para Londres, onde ela foi contratada em uma casa de leilões. Ela tem um mau hábito de adquirir mais livros de capa dura do que é inteligente para alguém que se move casa com tanta frequência.”

O final é maravilhoso, cheio de empoderamento. A força da menina é palpável e ela tem um desfecho merecido.  Apesar disso, ficamos querendo a continuação imediatamente!!!!!!!!!!

“É um livro pequeno, mas repleto de aventura, fantasia, mistério e romance, este último me encantou muito e o forasteiro misterioso me divertiu e fez suspirar. Amani é destemida e é uma ótima atiradora, gostei muito da protagonista.” [By Eve]

E a continuação Ju? Eis a melhor notícia de todas… SAI ESTE MÊS! A Traidora do Deserto, o esperado livro dois está nos aguardando! E para comemorar, vamos SORTEAR o livro A Rebelde do Deserto!!!!!!!!!!!!! CLIQUE AQUI e participe! (boa sorte)

Ah, e ao longo deste mês teremos mais publicações especiais falando sobre as personagens e o local onde a história acontece, quotes e imagens especiais, detalhes do livro dois e muito mais! Fique de olho, ok?

Recomendo muito a leitura! Mil Bjokas :)

Boraaaaaaaaaaaaa :)

Ju Lund

Escritora, graduanda em Artes Visuais,Téc. em turismo e hotelaria, gaúcha de Pelotas que adora assistir muitos filmes e séries de tv. Viciada em Lit. Fantástica. Fundadora do site (em 04/10) e Editora Chefe deste Portal. No Twitter @aJuLund

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales