Resenha Em Águas Sombrias, Editora Record

por há 4 semanas e 100 leituras

Sinopse: Cuidado com superfícies muito calmas, nunca se sabe o que pode haver embaixo delas. Da mesma autora do best-seller internacional A garota no trem.
Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás. Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos… Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Alguns segredos são capazes de arrastar você para o fundo.

Hello minha gente Amandinha na área para compartilhar com vocês minha maravilhosa última leitura, o livro “Em águas sombrias” publicado pela editora Record da autora Paula Hawkins, que também escreveu “A garota no trem”, então né minha gente, nem preciso dizer para vocês que o livro é do Ba-ba-do!

Sabe aquela leitura que te prende, e que se tu cochilar em uma estrofe tu perde o nexo da história toda? Então é assim com Em águas sombrias.

Paula Hawkins sempre consegue nos prender e nos surpreender com suas histórias, ela é envolvente, não te dá vontade de largar o livro.

A história gira em torno de um rio que tem uma parte chamada “poço dos afogamentos” onde muitas mulheres perderam a vida ao decorrer dos séculos e anos.

A última mulher a morrer Nel Abbott todos dizem que se suicidou, e curiosamente estava escrevendo um livro sobre o poço dos afogamentos onde segundo ela é um lugar para se livrar de “mulheres encrenqueiras.”

Sua morte trás a cidade sua irmã Júlia. Júlia não atendeu quando Nel semanas antes de morrer ligou, Júlia nunca mais quis falar com Nel depois da morte da mãe.

Júlia agora se vê responsável pela sobrinha Lena, Lena lembra demais Nel e isso perturba Júlia.

A história é tão rica, tem vários personagens, e todos eles juntos fazem o desenrolar da trama. Quando tu acha que adivinhou o fim da trama, ela muda totalmente.

E gente eu digo só uma coisa para vocês, eu  Amei, amei e amei!!

Recomendo muitíssimo que gosta de um suspense, com dramas familiares e mistérios históricos que leia esse livro.

Eu dou cinco estrelinhas para essa leitura, mas a vontade é de dar estrelas infinitas.

Leiam e por favor venham aqui comentar o que acharam.

Beijinhos e até a próxima! ;*

                                           

Ficha técnica

Autora: Paula Hawkins

Editora: Record

Páginas: 362/ Ano 2017

Skoob: Em ÁguasSombrias

Onde comprar: Saraiva

 

Amandinha

Sou gaúcha de Pelotas, viciada em literatura, defensora dos animais e Gremista fanática.
Quero compartilhar aqui com vocês minhas opiniões sobre leituras que já li, irei ler e das que ainda virão.
Tô muito feliz de fazer parte do blog da Ju Lund.

Facebook Instagram

Um comentário para “Resenha Em Águas Sombrias, Editora Record”

Paty

Oi Amandinha! Eu estou louca por esse livro faz um tempo (confesso que me apaixonei pela capa) mas adorei a tua resenha e me ajudou a decidir que quero ler logo!

Beijinhos da Paty ;)

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales