Resenha de A Pequena Livraria dos Corações Solitários, @Verus_Editora

por há 4 semanas e 59 leituras

Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!

 

Hey pessoas!Fazia tempo que eu não lia um livro tão agradável, um livro que se passa dentro de uma livraria, cheio de mensões de livros famosos então eu estou muito empogada para falar para vocês de A Pequena Livraria dos Corações Solitários, de Annie Darling.

Bookends é uma livraria antiga de londes, fundada a quase cem anos e pertencia à Lavinia, uma mulher de família muito rica que tinha o trabalho na livraria como um hobbie e seus funcionários eram escolhidos não apenas por suas qualificações, mas aparentemente ela contratava aqueles que ela gostava e que por suas particularidades teriam dificuldade em encontrar emprego em outro lugar. Ela era a orgulhosa patroa de Tom, Nina, Verity, a pequena Sophie (adolescente que trabalhava algumas hors na semana) e de Posy.

Posy tem muita história com aquela livraria: seu pai era o gerente e a mãe comandava a cafeteria anexa, agora fechada depois que os pais morreram e ela ficou órfa aos 21 anos com um irmão pequeno para criar e desde então ela trabalha na loja e mora no apartamento em cima.

Agora Posy tem 28 anos, seu irmão Sam tem 15 anos e a querida Lavínia falece inesperadamente, deixando Posy preocupada sobre o futuro de todos na livraria.

Acontece que Lavínia deixa a livraria Bookends para Posy, mas com a condição de que no prazo de 2 anos ela esteja gerando lucros e não um peso para Posy, do contrário, a propriedade passará para Sebastian, seu único neto e herdeiro de toda a sua fortuna (que incluía os prédios da região toda).

Posy e Sebastian se odeiam (ah! novidade) desde a infância e Sebastian não é nem um pouco politicamente correto, ele é a definição perfeita da grosseria; e vou te contar, ele se esforça muito para ser chato.

Assim que herda a livraria Posy decide por em prática um plano para que a livraria dê algum lucro, coisa que ela não faz há muito tempo. Ela decide por especializar a livraria em uma livraria dedicada aos romances, de todos os tipos. Quando Sebastian descobre seus planos, ele começa a duvidar de sua eficácia e decide ficar no pé de Posy, ameaçando tomar a Livraria dela.

Acontece que Posy não é a pessoa mais pró-ativa do mundo, longe disso! Ela tem dificuldades de por em prática os seus projetos. No começo eu comecei a me identificar com ela pelo amor pelos romances com finais felizes e por ser meio desorganizada, mas depois vi que ela passa todos os limites da bagunça (viva! Tem alguém beeem pior que eu. rsrs); mas os prazos e os medos de perder o único modo de sustento dela e do irmão fazem ela acordar e ter vontade de desistir ao mesmo tempo.

Vou confessar que tive vontade de bater um papinho com ela! Mas ao mesmo tempo ela tem uma personalidade muito definida e não deixa Sebastian mandar em tudo, ou deixa, mas com outros objetivos (garota esperta). Já Sebastian é um caso a parte: rico mimado, grosso demorou para ver algo de bom bem lá no fundo, muito escondido sob seus ternos perfeitos e caros.

Em resumo, esse livro é demais! Os funcionários da livraria, cada um com seu jeito louco me conquistaram, bem como a doidinha da Posy, distraída e ao mesmo tempo pé no chão. leitura tranquila, gostosa que valeu muito a pena. Eu já esperava que ia ser boa assim porque a internet caiu de amores por ele.

Tá escrito que é Livro 1, se tiver mais, vou correndo ler! Super indico.

Essa foi a MINHA opinião, conta a sua pra mim? Te vejo depois do próximo “fim”. Kisses!

Minha nota é de quatro smileys.

 

 

Ficha Técnica
Autora: Annie Darling
Ano: 2017
Páginas: 308
Editora: Verus
Skoob: A Pequena Livraria dos Corações Solitários

 

Amanda Essi

Hey pessoas! Sou Advogada, tenho 23 anos, Sul-mato-grossense, Nerd assumida, amante de livros, música clássica e rock; mais falante que o burrinho do Shrek e incapaz de deixar uma sala em silêncio por mais de 1 min - pelo menos dizem que sou engraçada, vai saber. Não sou hiperativa, mas tô quase lá! Ah e por fim, uma romântica incorrigível - não aceito final triste em livros, NEVER - #Feliz :D

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales