Para Todos os Garotos que Já Amei, resenha II, @intrinseca

por há 2 anos e 200 leituras

Sinopse: “Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar”.

Tento não julgar um livro pela capa, mas as vezes não consigo e assim que vi a capa e sinopse de “Para Todos os Garotos que já Amei” fiquei muito curiosa para ler. Fico muito feliz em dizer que não me decepcionei e já desejo muito a continuação (confira AQUI), pelo que li será uma duologia.

Foi o primeiro livro que li de Jenny Han e a narrativa foi muito boa e bem tranquila, me senti no livro diversas vezes e passando o que Lara Jean estava passando, por isso em muitos momentos fiquei apreensiva, com coração na mão, com raiva de algum personagem e depois aliviada rsrsrs, a leitura desse livro realmente me envolveu e adorei isso, mal posso esperar para ler sobre esses personagens incríveis novamente. Outra coisa legal é que Lara Jean e suas irmãs são de descendentes de coreanos, olhinhos puxados, pois sua mãe também era, mas seu pai não é.

O livro conta a história de Lara Jean uma garota de 16 anos que já se apaixonou cinco vezes e em todas escreveu uma carta de despedida, pois foram amores que não se concretizaram, assim para “virar a página” Lara Jean escreve o que sente por esses garotos, podendo ser o que acha ruim e o que acha bom, depois coloca no envelope e escreve o endereço do garoto, mas não manda a carta, as guarda em uma caixa que foi dada por sua mãe.

“Não são cartas de amor no sentido mais escrito da palavra. Minhas cartas são de quando não quero mais estar apaixonada. São cartas de despedida. Porque, depois que escrevo, aquele amor ardente para de me consumir”.

Lara Jean perdeu a mãe quando era muito nova, assim vive com o pai, a irmã mais velha Margot, e a irmã mais nova Kitty. O livro também é incrível por causa da família de Lara Jean, gostei muito da Kitty. Tudo muda quando Margot vai para a Escócia para fazer faculdade e termina com seu namorado o Josh, todos da família de Lara Jean adoram Josh que também é seu vizinho e é grande amigo de Lara Jean.

Quando as aulas retornam Lara Jean descobre que suas cartas foram enviadas para os cinco garotos que um dia amou ou acreditava que estava apaixonada. Agora ela terá que lidar com isso e ainda ser a irmã mais velha para Kitty e lidar com responsabilidades que antes Margot cuidava.

 “O amor é assustador: ele muda, ele pode ir embora. Esse é o risco. Eu não quero mais ficar com medo.”

O primeiro garoto que recebe a carta, ou melhor, que fala com Lara Jean sobre ela, é o Peter, um antigo amigo da Lara Jean e o seu primeiro beijo, ele namorava e terminou com sua antiga amiga Genevieve. Lara Jean fica apreensiva, pois não encontra a caixa que guardava as cartas e possivelmente os outros meninos receberam, inclusive Josh, o ex namorado de sua irmã, aquele amigo de Lara Jean e vizinho que quando revelou que gostava de Margot, fez Lara Jean desistir dele por completo. Lara Jean não deseja pensar mais nele, e que esses sentimentos retornem, por respeito a sua irmã.

“Ela dá um passo na minha direção e eu dou um passo na direção dela e nos abraçamos, chorando, e o alívio que eu sinto é imensurável. Somos irmãs, e não há nada que ela ou eu possamos dizer ou fazer que vá mudar isso.”

Os outros garotos são Lucas, um garoto que tem estilo e que possivelmente é gay. Kenny, um garoto que ela conheceu no acampamento. E John, um garoto que ela beijou e que era amigo dela e de Peter. Quando Josh vai questionar sobre a carta com Lara Jean, ela não deseja saber o que ele vai falar, pois ela sente que seus sentimentos podem arruinar tudo com sua irmã, então ela mente para ele e diz que está namorando o Peter.

 “Esse é o momento em que me dou conta de que não o amo, que já tem um tempo que não o amo. Talvez nunca tenha amado. Porque ele está bem ali, à disposição. Eu poderia beijá-lo de novo, poderia tomá-lo para mim. Mas não quero. Quero outra pessoa. É estranho ter passado tanto tempo desejando uma coisa, uma pessoa, e de repente isso parar. “

Porém, Peter acaba dando a ideia de fingirem estar namorando, pois assim ele consegue dar um basta definitivo em sua relação com Genevieve e vingasse por ela o trocar por um cara mais velho, enquanto Lara Jean consegue se afastar de Josh e manter a amizade. A relação de Peter e Lara Jean é bem engraçada e rende bons momentos.

“-Na verdade, você parece muito a minha avó. – diz Peter. – Odeia todo e qualquer tipo de palavrão. Gosta de fazer bolos. Fica em casa todas as noites de sexta. Uau, estou namorando a minha avó. Que nojo”.

Ao longo do livro Lara Jean vai aprender muitas coisas e saber outras sobre o amor ou o que realmente sente. Mas há o mistério de quem enviou e porque o fez, também a reação de quem recebeu e o que isso afetará na vida de Lara Jean, lembrando que ainda há continuação do livro. No final, fiquei logo ansiosa pelo próximo e desejei ler mais um pouco sobre cada um dos personagens, pois é incrível a forma que Jenny Han tem de nos encantar.

“Não quero ter medo. Quero ser corajosa. Quero… que a vida comece a acontecer. Quero me apaixonar e quero que um garoto se apaixone por mim”.

Para este livro ótimo e bem lindinho, darei cinco cupcakes e recomendo muitíssimo para quem adora um livro leve, divertido e fofo. Há um site do livro feito pela Editora Intrínseca, em que se pode saber mais sobre o livro, a autora e também escrever uma cartinha ou baixar papéis especiais, confira AQUI.

Cupcakes

Ficha Técnica:

Título: Para Todos os Garotos que já Ameiselo-blog-parceiro-editora-intrinseca
Autora: Jenny Han
Ano: 2015
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Skoob: Para Todos os Garotos que já Amei

Espero que tenham gostado da resenha, já leram o livro ou outro da Jenny Han? Até a próxima.

Xo Xo da Eve.

EveLlin

Olá, eu sou a Evellin, mas me chamam de Eve. Sou do interior de Pernambuco, mas atualmente moro em João Pessoa, pois estudo Relações Internacionais na UFPB. Adoro ler e também gosto bastante de assistir séries e filmes. Gostaria de conhecer outros países, mas também conhecer vários lugares do Brasil, pois sou fascinada por outras culturas, pontos turísticos e características específicas de cada nação, já fiz um intercâmbio para o Canadá e foi uma experiência incrível. :)

Facebook Instagram Twitter Google+

2 comentários para “Para Todos os Garotos que Já Amei, resenha II, @intrinseca”

Anastacia

Adorei a resenha Eve. Ainda não li nada dessa autora, apesar de ter o Olho Por Olho e o Dente Por Dente aqui em casa. acho que está na hora de dar uma chance a ela.
Bjs

EveLlin

Um livro encantador Naná, recomendo. Não tive oportunidade de ler outros livros da autora, mas vi elogios. Beijos

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales