O Melhor de Mim, Nicholas Sparks. Resenha.

por há 5 anos e 6286 leituras

Confira minha resenha do livro O Melhor de Mim, do norte-americano e mestre dos romances Nicholas Sparks. O livros foi lançado no Brasil pela Editora Arqueiro.

Sinopse:

“Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo – e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.”

Resenha:

Mais um livro de Nicholas Sparks sobre amor, casamento e decisões do passado que podem afetar todo seu futuro.

O livro é narrado na terceira pessoa e conta a história de Amanda Collier e Dawson Cole, dois jovens que moram na pequena cidade de Oriental, nos USA. Em 1984, os destinos dos dois se cruzaram e nunca mais suas vidas serão as mesmas.

Amanda Collier é de uma das famílias mais tradicionais da cidade; rica, bonita e extrovertida, ela poderia namorar qualquer rapaz da cidade, mas ela se apaixona perdidamente por Dawson Cole, o tímido rapaz que toda a cidade “olha torto” simplesmente por ser um Cole. Os Cole são a família de marginais de Oriental. Todos estão envolvidos em algum tipo de crime, de assalto a assassinato, e eles são conhecidos por serem pessoas ruins, muito ruins! Todos, menos Dawson, que é doce, inteligente e gentil. Ele foge de casa e de sua família violenta e vai morar com Tuck Hostetler, que o abriga sem muitas perguntas e acaba se tornando uma espécie de pai para ele.

O casal enfrenta a família de ambos, mas o destino parece querer brincar e eles acabam se separando.

Amanda segue em frente, se casa, tem três filhos e leva uma vida confortável. Não é a vida que sempre sonhou, mas ela vai levando seu casamento da melhor forma possível. Já Dawson nunca superou a separação, trabalha num plataforma de petróleo, não tem amigos nem namorada. Por escolha, decidiu viver só.

O destino volta a brincar com suas vidas quando eles se reencontram 25 anos depois do fim do namoro. Com a morte de Tuck, Amanda e Dawson voltam à sua cidade natal e vão ter que repensar suas decisões do passado.

Ao se reencontrarem, todo o amor que ficou guardado nos últimos 25 anos volta à tona e é como se não tivesse passado um só dia desde que eles se separaram. Mas agora Amanda tem compromissos, não só com seu casamento, mas com seus filhos, sua família. Teria ela coragem de jogar tudo para o alto e correr atrás de seu amor de adolescente?

Depois de um fim de semana cheio de lembranças, onde Amanda e Dawson têm a chance de discutir sua relação do passado e uma pretensa futura relação, eles precisam tomar uma decisão de uma vez por todas. Deixar o passado para trás, onde ele pertence, ou jogar tudo para alto, abrir mão de toda uma vida (afinal, são 25 anos!!!) e tentar reviver esse antigo amor?

“Quando eu penso em ficarmos juntos, não estou falando só em lua de mel. Estou falando de você e de mim, duas pessoas reais. Quero acordar de manhã com você do meu lado, quero chegar a noite e jantar com você. Quero compartilhar com você cada detalhe bobo do meu dia e ouvir cada detalhe do seu. Quero rir junto com você e dormir com você nos meus braços. Porque você não é só alguém que eu amei no passado. Você era minha melhor amiga, a melhor parte de quem eu sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez. Eu lhe dei o melhor de mim e, depois você foi embora, nada jamais voltou a ser o mesmo.”

O livro tem alguma cenas de ação que ficam por conta dos primos de Dawson, que o juraram de morte quando ele foi embora da cidade muitos anos atrás, mas ao saberem que ele está de volta, tentam a todo custo cumprir sua promessa de mata-lo.

Nos capítulos finais a coisa fica tensa, muitas vidas estão envolvidas e decisões precisam ser tomadas… E eu não posso falar mais nada senão entrego o final do livro, e não posso!!! rsrsrs

Vocês podem estar pensando ‘mais um romance cheio de clichês’. Verdade, o livro é cheio de clichês, mas não deixa de ser um livro muito bom. Não é meu livro favorito do Nicholas (olha que intimidade! Rsrsrs), mas ainda assim ele te prende do começo ao fim, fiquei na expectativa para saber como Amanda e Dawson iam resolver a questão do relacionamento deles, afinal agora não só ‘os dois contra o mundo’, como quando eram adolescentes. Agora Amanda tem uma família e qualquer decisão que tome vai afetar a vida de todos eles.

É uma boa leitura, eu recomendo para os românticos e apaixonados de plantão.

Xero!!!

[Comentários são mais que bem vindos e fazem as blogueiras felizes! Gostou? Clique em +1, twitte, curta e compartilhe! Assim você ajuda a divulgar o site. Muito, muito obrigada!!!]

CrisGomes

Casada; paraibana; viciada em doces; tímida; louca por livros. Já vivi mil vidas através dos livros... ;)

Facebook Instagram Twitter Google+

21 comentários para “O Melhor de Mim, Nicholas Sparks. Resenha.”

FranFlores

Acho que essa ideia da ação me deixou mais animada com este livro do Sparks. A história parece ser legal.
E bem, para eles estarem se metendo nesta confusão toda, sendo eles contra o mundo novamente acho que eles resolveram investir num futuro que pareça com o passado… rs
Beijos.

    CrisGomes

    Oi, Fran! Não espere tanta ação! rsrsrs Tem alguma cenas mais agitadas, brigas, uma tocaia, mas a grande parte do livro é romance puro, e tentativas e tomar decisões…

    E quanto a investir num futuro que pareça com passado, quem sabe, quem sabe… rsrsrs

    Xero!!!

Ceile

Ah, sendo Nicholas, tem que ler!
Eu sou apaixonada pelo autor, quer dizer, pelos livros dele. Então, leio tudo. Este livro me deixou entre o amor e o ódio. Sabia o que ia acontecer um pouco antes de acabar e já pensei: “Não, de novo, não!”.

Ele escreve coisas lindas e tristes ao mesmo tempo.
Mesmo vendo nossos corações sendo arrancados, não conseguimos parar de ler, né? hahahahaha

O meu preferido dele é Querido John (que mais sofri também hahahahaha).

Um beijo!

    CrisGomes

    Oi, Celie!
    Pois é, é o Nicholas, então sempre recomendo! Sou fanzoca do cara! Concordo com vc, a gente chora, sofre mas não consegue parar de ler os livros dele.. rsrsrsr

    Chegou uma hora no livro que também percebi onde aquilo estava indo e fiquei tipo “Não! Ele não vai fazer isso!”.

    Acho que o meu preferido é O Diário de uma Paixão (chorei horrores!). Pelo menos até agora. :)

    Xero!!!

Ana Carla Ferro

Loucaaa de vontade de ler esse livro.
Nicholas Sparks é sensacional !!!

    CrisGomes

    Recomendo o livro, Ana Carla, e concordo: Nicholas Sparks é DEMAIS! Sou fã do moço!!! rsrsrs
    Xero!!!

Bianca

que odio…como vcs podem achar esse livro lindo? ta,o desenvolvimento do livro é lindo mesmo.Mais o final estragou tudo.eu esperava que dessa vez sparks nao fosse matar alguem.no final tive vontade de rasgar o livro de tanto odio.Mais só me restou ficar chorando de raiva e dor.Pobre dawson.A culpa tbm foi daquela songa monga da Amanda que nao largou o marido pra ficar com ele. chinguei que só ela. aaaai que odio.

    CrisGomes

    Oi, Bianca!

    Eu achei o livro bom, não é o melhor do Sparks, mas é bom.

    Quanto ao final… o Nicholas é especialista em fazer a gente ter raiva porque normalmente alguém morre nas estórias dele. rsrs Mas, ainda assim, amo os livros dele. Fazer o que? #SouMasoquista kkkkkk

    Obrigada por comentar!

    Espero que ter compartilhado sua frustração com a gente tenha amenizado sua raiva. rs

    Xero e volte sempre! :)

Amanda Simas

Gente, que final triste! É o primeiro livro dele que leio e estava esperando uma história cheia de corações e flores, rs. Fiquei frustrada com o final. O que me espanta é que tem gente super curtindo, como pode?. Só eu sofro pelo Dawson e acho a Amanda super egoísta?!

Obs.: Todos os livros de são assim, é?!

Amanda Simas

Gente, que final triste! É o primeiro livro dele que leio e estava esperando uma história cheia de corações e flores, rs. Fiquei frustrada com o final. O que me espanta é que tem gente super curtindo, como pode?. Só eu sofro pelo Dawson e acho a Amanda super egoísta?!

Obs.: Todos os livros dele são assim, é?!

    CrisGomes

    Oi, Amanda!

    Também achei a Amanda egoísta: eu queria bater nela a fazê-la ver o homem maravilhoso que o Dawson é. rs

    O final é bem triste, o Nicholas é especialista em nos fazer chorar rs) mas tem alguns em que o final é feliz. Ainda assim, sou super fã do autor e sempre que posso leio seus livros e recomendo todos. rsrs

    Xero e obrigada por comentar!

Nathalia

Esse trecho que você postou é o mais lindo do livro pra mim! Realmente eu estava esperando bem mais do livro :/ O fim foi lindo mas bem decepcionante :(

    CrisGomes

    Nathalia, o trecho é mesmo lindo e o final também achei lindo, mas decepcionante. Como já disse, um bom livro, mas não é o melhor do Sparks.

    Xero e obrigada por comentar!

Herbert Juliano

livro é muito lindo. me emocionei com as cartas de Tuck para os dois…
o livro de ler e re-ler um milhão de vezes. espero que o filme seja tão bom quanto o livro.

Pâmela Maria Albano

Amei esse livro,apesar do final terminar de um jeito triste(como nos livros de Sparks),mais são esses finais q emocionam muito…é mesmo que vai virar um filme?Nossa,vai ser um dos melhores…vai ter ação,tragédia,romance,decisões,,etc..Vai ser emocionante…Bjus

Gilmar

Olá!

Esse tema parece um pouco com a história da minha vida amorosa, tenho uma pessoa que aconteceu praticamente a mesma coisa, hoje ela casou, tem filho, e eu não consigo levar a vida, por assim dizer. Fico ansioso em saber mais sobre a história.

Beijão, parabéns pelo blog.

Trackbacks/Pingbacks

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales