Não se Apega, Não, @intrinseca

por há 2 anos e 233 leituras

Sinopse: “Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.

Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.

Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado”.

Confira a resenha do livro “Não se Apega, Não” que é o primeiro da autora brasileira Isabela Freitas e foi publicado pela Editora Intrínseca, a continuação do livro também já foi publicada e recebeu o título de Não se Iluda, Não (Confira AQUI).

Neste livro conhecemos Isabela, uma mulher de 22 anos que acabou de terminar seu namoro de dois anos com o Gustavo e isso era um choque para muitas pessoas, pois eles pareciam ser o casal perfeito. Mesmo o título falando de não se apegar, a Isabela era uma garota que se apegava facilmente, seja em relação a garotos (tendo vários romances) ou mesmo amigos e neste livro vemos sua jornada para desapegar de coisas que não fazem bem.

“Eu não tenho medo de fica sozinha, afinal, nasci assim…”.

Facilmente nos conectamos com a personagem, pois parece que ela está nós dando conselhos ou apresentando situações que já aconteceram em sua vida e podem ser vistas como lições, e em muitas consegui me identificar. As situações apresentadas pela Isabela podem ser do passado, e algumas são de seu presente. Sua maior lição é viver cada momento, sem se apegar e não esperar muito de alguém ou do futuro.

“Desapegar: Abrir mão. Deixar ir. Desapegar. Isso liberta de alguma forma. Por mais que nos aprisione em lembranças do que poderia ter sido”.

Já neste livro percebemos um pouco de sua evolução com seus próprios erros, pois mesmo terminando um namoro e não querendo estar em um relacionamento nem tão cedo, ela tem alguns deslizes, mas acaba aprendendo com eles. O que mais gostei do livro foi a Isabela ser bem real, com erros que conhecemos em nós mesmos e também as situações que vive, não há nada perfeito, e isso faz o livro ser mais legal.

“Eu não preciso ser a “única” de ninguém. Preciso ser a única de mim!”

“Ter a urgência de ser feliz te impede de ser realmente feliz. Deixe que a vida aconteça, porque ela acontece quando estamos distraídos demais para planejá-la”.

Também conhecemos alguns personagens, o Ex dela, seus melhores amigos Amanda e Pedro, além de outros que complementaram a história e as situações. Não se Apega, Não tem de tudo um pouco, romance, conselhos como um livro de autoajuda, e muitos momentos divertidos e de reflexão, mal posso esperar para ler a continuação e saber o que acontecerá com Isabela e seus amigos, recomendo bastante esse livro.

Para Não se Apega, Não darei quatro Cupcakes e meio.

CC

Ficha Técnica:

Título: Não se Apega, Não
Autora: Isabela Freitas
Editora: Intrínseca
Páginas: 256
Ano: 2014
Skoob: Não se Apega, Não

Espero que tenham gostado da resenha. Já leram o livro? Até a próxima.

Xo Xo da Eve.

EveLlin

Olá, eu sou a Evellin, mas me chamam de Eve. Sou do interior de Pernambuco, mas atualmente moro em João Pessoa, pois estudo Relações Internacionais na UFPB. Adoro ler e também gosto bastante de assistir séries e filmes. Gostaria de conhecer outros países, mas também conhecer vários lugares do Brasil, pois sou fascinada por outras culturas, pontos turísticos e características específicas de cada nação, já fiz um intercâmbio para o Canadá e foi uma experiência incrível. :)

Facebook Instagram Twitter Google+

Trackbacks/Pingbacks

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales