Gelo Negro, resenha II, @intrinseca

por há 9 meses e 234 leituras

Suspense, intrigas… neve!

Sinopse:

Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança.

Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.

Becca Fitzpatrick, mãe de Sussurro – Série Hush Hush – diva.

Amo.

E agora? Ah, amo mais ainda!

Quando peguei esse livro, confesso que foi uma ação despretensiosa. Mas, quando li a autora de uma das minhas séries fantásticas preferida, nossaaaa… Fiquei cheia de expectativas. Diferente de Hush Hush, nesse livro não há conteúdo sobrenatural/ fantasia. Gelo negro é um livro à parte dessa linha, repleto de ótimas surpresas.

Suspense, ação, muitooo frio e reviravoltas ótimas. Assim, resumo esse livro ótimo da editora Intrínseca.

“E vou contar para vocês, a revelação derradeira é simplesmente bombástica!” Resenha da Paty aqui!

Britt, uma jovem meio insegura, planeja um final de semana nas montanhas geladas com sua melhor amiga (?), lá irão se juntar o namorado e irmão (da Korbie) para passeios e trilhas pela neve. Mas, no meio do caminho uma nevasca ás deixa em apuros. Sozinhas, sem o carro, precisam buscar por ajuda antes de acabarem congeladas.

Nesse processo, acabam encontrando uma cabada habitada e lá dois rapazes misteriosos. Britt e Korbie ainda imaginam que serão resgatadas pelo irmão e namorado, mas o abrigo que parecia um oasis, na verdade é uma grande furada.

Aqui vale salientar, que a autora foi fantástica em desenvolver TODO o livro basicamente com os seguintes elementos: NEVE, Britt e os dois fulaninhos. Gente, vocês tem noção em como é difícil segurar um leitor com tão pouco? Pois, a escritora supera com enredo e narrativa envolvente.

Não desgrudei do livro que li em três dias (isso significa que peguei o livro para ler apenas três vez, no caso).

As duas garotas, então, acabam envoltas e sequestradas por esses dois bandidos fugitivos. O intuito é que elas ajudem os dois a fugir da montanha congelante antes das estradas serem abertas. Contudo, nossa protagonista consegue que sua amiga fique na cabana e apenas ela desce com os dois.

Falei que um deles flertou com ele, minutos antes de subir a montanha? Que o irmão de sua melhor amiga (eca) é também seu ex? E, que rola um clima entre raptor e sequestrada?

Aham! Bafo!

Pois… Agora, tudo que eu contar aqui – depois dessa parte – seria Spoiler. Spoiler não é legal, concorda? O livro é surpreendente, envolvente e intrigante. Recomendo muito essa leitura! Gelo negro fala de superação, de confiar em sí mesmo e de não deixar a vida para amanhã!

Ju Lund

Escritora, graduanda em Artes Visuais,Téc. em turismo e hotelaria, gaúcha de Pelotas que adora assistir muitos filmes e séries de tv. Viciada em Lit. Fantástica. Fundadora do site (em 04/10) e Editora Chefe deste Portal. No Twitter @aJuLund

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales