Resenha de Brinquedoteca @PaulinasEditora

por há 3 meses e 178 leituras

Sinopse: Brinquedoteca reúne um número imenso de brinquedos simples, conta sua história, ensina as crianças a confeccioná-los, aponta as formas ou regras geralmente adotadas nos jogos e indica aos educadores, na maioria dos casos, a significação que possam ter as brincadeiras.

Tudo isso dentro de um quadro de reflexões da maior importância, mostrando os fundamentos pedagógicos do brincar e a sua significação para os dias de hoje, como veículos de uma cultura humanista, que é a garantia de que mexendo com máquinas eletrônicas e sofisticadas, as crianças não se tornarão verdadeiros robôs, num mundo que corre o risco de perder o gosto da natureza e das coisas mais simples.

É um trabalho de resgate da cultura popular em que se realiza um passeio pelo mundo do faz-de-conta, das brincadeiras e dos brinquedos confeccionados pelas próprias crianças, o que contribui para o completo desenvolvimento físico e intelectual delas. Os brinquedos são uma forma de reorientar as práticas pedagógicas, pois funcionam como suporte de representação e ação no processo de ensino e aprendizagem.

Você quer organizar uma oficina de montagem de brinquedos, para adultos e crianças? Precisa entreter a garotada? Está afim de uma atividade relaxante? Vai dar uma aula prática para qualquer faixa etária? Brinquedoteca – jogos, brinquedos e brincadeiras da editora Paulinas tem tudo isso e um pouquinho mais!

Jogo, Brinquedo, Brincadeira e a Educação.

Natividade Pereira reúne um bom numero de brinquedos simples e variados, ensinando o leitor  a confeccioná-los nesse livro (porque não dizer, nesse livro didático?!). Eu, que gostei bastante – não só como Arte Educadora e Mãe… Mas, principalmente como pessoa curiosa no quesito ‘atividades manuais’ – e preciso dizer que toda a Coleção Oficina de Ideias é bem interessante!

Brincar é o ato de dar vida à objetos e imagens. brinquedo é um objeto que serve para crianças brincarem. Brincadeira é o ato ou efeito de brincar. Jogo é uma brincadeira com regras que estabelece quem perde ou vence, por premiação ou prazer da participação.

A única coisa que senti falta foi de encontrar o “Nível de dificuldade” de cada brinquedo, mas o restante é muito preciso e fácil: Descrição do brinquedo, lista de materiais, confecção e modo de jogar. Deixo aqui também, a sugestão para uma identificação de faixa de idade mais apropriara, se tratando de crianças como publico final, que facilitaria o leitor mais inexperiente.

Achei muito legal a pergunta e deixo aqui, aguardando sua resposta:

QUAL FOI O SEU PRIMEIRO BRINQUEDO?

O meu primeiro brinquedo confeccionado “Em casa”, assim artesanalmente, que tenho lembrança foi um telefone de fio feito com duas latinhas e um barbante longo ligando elas. Não recordo se havia um nome, mas era muito legal! E na escola aprendi a fazer Pés de lata :)

Bem, é isso. Espero que tenham gostado desse comentário, da dica! Em breve adiciono fotos do que estou tentando fazer srrsrs. Mil bjokas

Ficha técnica
Páginas: 72
Edição: 3
Idioma: PORTUGUES
Compre Aqui

Ju Lund

Escritora, graduanda em Artes Visuais,Téc. em turismo e hotelaria, gaúcha de Pelotas que adora assistir muitos filmes e séries de tv. Viciada em Lit. Fantástica. Fundadora do site (em 04/10) e Editora Chefe deste Portal. No Twitter @aJuLund

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales