Entretenimento
e Incentivo à Literatura Fantástica //

A seleção, resenha.

Conheça a distopia recém lançada pela parceira Seguinte: “A Seleção” de Kiera Cass.

a selecao

Sinopse:

Leia a sinopse de “A seleçãoAQUI.

Resenha:

Depois de ter entrado para a minha lista de desejos pela bela capa e por ser uma distopia “A seleção” não me decepcionou, adorei a leitura e venho por meio desta resenha dividir minhas opiniões com vocês.

Tendo como pano de fundo um reality show onde a princesa de Illéa será escolhida, conhecemos personagens muito envolventes, além, é claro, de um mundo diferente do qual estamos acostumados.

Illéa está localizada no que conhecemos hoje como Estados Unidos da América, após ter se afundado em dívidas com a China acabou se tornando uma colônia deste país. Culminando também na terceira grande guerra mundial. A liberdade dos Estados Unidos acabou ocorrendo através de uma rebelião comandada por Gregory Illéa, que depois de se tornar uma grande figura em seu país se tornou rei, dando então seu nome ao reino.

E é neste lugar, onde a forma de governo é a monarquia e que a população é separada em oito castas, que conhecemos America. Enquanto a casta um é formada pela realeza, a casta oito é composta por pessoas que não tem acesso algum a educação e são extremamente marginalizados. As castas não definem apenas a condição finaceira, mas também o trabalho de seus habitantes e a maneira como são tratados.

America, 17 anos, é da casta 5, o que significa ser uma artista. Desde os seus quinze anos ela se envolve com Aspen, de uma casta inferior, e é assim que somos apresentados a ela. Sua relação com Aspen já está mais do que estabelecida e ambos planejam casar ainda que formalizar esta união resulte em certas dificuldades financeiras e na queda de casta de America. Apesar de não ter acompanhado a evolução da relação dos dois estes sentimentos me convenceram ao longo da leitura.

“Obedeci. Fiquei lá, quieta, imóvel, enquanto Aspen me olhava nos olhos. Uma vez satisfeito, ele começou a roçar o nariz no meu pescoço e nos meus cabelos. Suas mãos subiam e desciam pelas curvas da minha cintura. Senti sua respiração cada vez mais ofegante, e algo nisso me atraía.”

Quando a seleção é anunciada, todas as meninas de determinada faixa etária são convidadas a participar, America estava decidida a não se inscrever, até que por um pedido inesperado e um suborno ela resolve fazer a inscrição. A partir daí tudo é muito previsível, mas isso não torna a história menos gostosa…

“Só que Maxon ficava travado demais naquela cadeira. Parecia tenso. Seus cabelos brilhantes eram perfeitos demais, seu terno sob medida estava engomado demais. Era mais uma pintura que uma pessoa. Cheguei a ter pena da garota que ficasse com ele. Aquela devia ser a vida mais chata que alguém poderia imaginar.”

America é selecionada para participar do reality e junto com 34 meninas se muda para o Castelo de Illéa. No meio de ataques rebeldes, que vão ficando cada vez mais claros ao longo da narrativa, ainda que fiquemos sem entender as motivações por trás deles, e de concorrentes loucas, America acaba se aproximando do príncipe Maxon e se surpreende.

Maxon é encantador! A medida que vamos conhecendo o príncipe vamos também nos apaixonando por ele. Totalmente diferente da figura fútil que poderia se imaginar, Maxon é gentil, doce e extremamente interessado em aprender, compartilhar experiências, mesmo que seja com uma Cinco.

“O que Maxon era de fato? Ele era meio pomposo mesmo, mas não de um jeito irritante como eu tinha imaginado. Sem dúvida se comportava um príncipe, mas mesmo assim, era tão… tão…”

Acompanhar o desenrolar da relação de Maxon e America foi muito legal, e nos leva a entender perfeitamente os questionamentos da protagonista e toda sua indecisão. Principalmente por se tratar de uma narrativa em primeira pessoa, onde vamos observando tudo do ponto de vista de America, acessando seus sentimentos.

“Nossos narizes se tocaram. Ele começou a acariciar meu rosto com os dedos de uma forma tão delicada que parecia temer que eu quebrasse.
– É, não acho que seja possível evitar – ele sussurrou.
Com a mão aproximando levemente meu rosto do seu, Maxon inclinou a cabeça e me deu o mais tímido dos beijos.”

Curti os elementos distópicos de “A seleção”, mas não posso dizer que o livro foque nisto, na verdade o romance foi muito mais trabalhado. Imagino que com o maior desenvolvimento dos rebeldes  e descobrindo seus motivos teremos oportunidade de aprofundar mais na parte distópica do livro. No entanto, tais buracos se justificam exatamente por America, nossa narradora, pouco saber sobre seu próprio país e o que lhe acontece, ao longo do livro esbarramos com diversas situações em que a censura fica mais do que clara.

“- Os sulistas querem nos derrubar. Não sei o motivo, mas imagino que estejam insatisfeitos de viver às margens da sociedade. Quer dizer, eles nem são Oito, em tese, porque não têm participação nas relações sociais. Os nortistas ainda são um mistério. Meu pai diz que querem apenas nos incomodar, perturbar o governo, mas não penso assim.”

Preciso dizer que quanto mais me aproximava das páginas finais de “A seleção” mais torcia para que não acabasse, adoraria continuar acompanhando America, pena que o livro além de terminar cedo demais ainda nos deixa com uma grande interrogação. Para não dar spoiler resta dizer que este primeiro livro termina junto ao final da primeira fase do reality.

Gostei muito de “A seleção”, sou eternamente grata por ter tido a oportunidade de ler a prova do livro, e super recomendo para a galera que como eu adora um romance YA, incluindo as questões previsíveis, misturados a elementos distópicos.

A sinopse, capa internacional e previsão de lançamento de “The Elite”, 2º livro da série, podem ser conferidos AQUI!

Beijos.

[Queridos ajudem na divulgação do blog e de suas postagens usando as ferramentas +1, Curtir e Tweetar que se encontram abaixo do título de cada postagem e no final da página inicial. Obrigada!]

Publicado por em segunda-feira, 29 de outubro de 2012.

38 Comentários

em “A seleção, resenha.”

  1. NatyFaria NatyFaria 29/10/12 11:53

    Amei a resenha Fran, e mês que vêm sai a minha resenha desse livro.
    Bjuxx

    1. FranFlores FranFlores 29/10/12 18:14

      Fico feliz por ter gostado Naty. Esperarei pelas resenhas do próximo mês, imagino que serão todas animadas como a minha.
      Beijos.

  2. JuPsique JuPsique 30/10/12 08:48

    O que falar de um livro que consegui ler em um dia? Bom,perfeito
    E agora o que faço até sair o segundo livro?rs. Estou tão na duvida quanto America, não sei se prefiro Aspen ou Maxon, o problema do Maxon são as outras 34 participantes kkk
    Muito bom o livro, é um livro super Cinderela, mas como Aspen fala no meio do livro..Quem não torce com um Feliz para Sempre. ♥ Super me apaixonei pela história.

    1. FranFlores FranFlores 05/11/12 11:56

      É verdade Ju, A seleção é o tipo de livro que a gente acaba devorando, a história é ótima e nos envolve bastante. Para mim que adoro conto de fadas fica impossível desgostar de algo que remete a eles.
      Sei como é, também estou na dúvida como America, aliás acho impossível não ficar perdida como ela… rs Duas ótimas opções.
      Obrigada por ter comentado.
      Beijos.

  3. Glaucia Glaucia 30/10/12 09:23

    Nossa a resenha ficou ótima, me deixou super ansiosa para ler o livro, espero gostar assim como você, a capa é linda e a história é interessante, não vejo a hora de le lo bitokas

    1. FranFlores FranFlores 05/11/12 11:51

      Glau, espero que você goste tanto, ou mais, do livro quanto eu. A história é bem legal e os personagens são apaixonantes.
      Fico mt feliz por você ter gostado da resenha.
      Estou esperando a sua resenha para saber o que você terá achado do livro.
      Obrigada por ter comentado.
      Beijos.

  4. Shara Shara 30/10/12 19:10

    Gostei, mas minha resenha nem vai se comparar: Fran sua má! rs.

    Não vou deixar uma opinião clara sobre o livro porque ainda vou ler… Mas a sua resenha me fez ficar feliz por ter escolhido “A Seleção”.

    1. FranFlores FranFlores 05/11/12 11:49

      hauhauha Shara para de drama, tenho certeza que a sua resenha ficará ótima.
      Vou esperar a sua resenha para saber o que você irá achar da leitura, fico feliz por minha resenha ter te animado e acredito que você também se encantará com este livro.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos.

  5. Lívia Prates Lívia Prates 02/11/12 16:32

    Essa capa é muito show!

    1. FranFlores FranFlores 05/11/12 11:47

      A capa deste livro é mt bonita mesmo.
      Beijos.

  6. A Seleção, resenha! | Portal Ju Lund 24/11/12 11:52

    [...] Seleção, resenha! sábado, 24 de novembro de 2012 Resenhas Tweetar !function(d,s,id){var [...]

  7. A Seleção, resenha III. | Portal Ju Lund 27/11/12 11:43

    [...] Seleção, resenha III. terça-feira, 27 de novembro de 2012 Resenhas Tweetar !function(d,s,id){var [...]

  8. O Príncipe, A Seleção, vol. 1,5, de Kiera Cass. | Portal Ju Lund 27/11/12 16:56

    [...] livro da trilogia, A Seleção é só clicar nos nomes das colunistas que já escreveram sobre ele: Fran, Shara e eu, ops, [...]

  9. Resenha do livro “A Seleção”. | Portal Ju Lund 29/11/12 15:01

    [...] Leiam a sinopse e resenha da Fran Flores AQUI! [...]

  10. A Seleção, de Kiera Cass, resenha IV. | Portal Ju Lund 30/11/12 12:46

    [...] ler as resenhas feitas por Fran, por Shara e por  Cris, é só clicar em seus [...]

  11. Bianca de Ageuiar Bianca de Ageuiar 20/01/13 12:26

    Qual é a censura então?
    ps: nao li o livro ainda, e queria saber. :D

    1. FranFlores FranFlores 21/01/13 00:18

      Na verdade Bianca conseguimos perceber que muitos temas são censurados a população, como a própria história e a criação do país que não é divulgado a todas as castas. Leia o livro, acredito que irá curtir a história.
      Beijos.

  12. Barbara Bracci Barbara Bracci 08/02/13 14:30

    Olá Fran, amei o livro. Leitura agradavel ! Voce conhece outros livros com esse ritmo de leitura ? Gosto muito de becky bloom, também é final e rapido de ler !

    1. FranFlores FranFlores 09/02/13 14:00

      Olá Barbara, A seleção é realmente um livro muito gostoso de se ler. Se você me disser quais pontos foram os que você mais gostou no livro (o romance, “o conto de fadas” ou a distopia) posso te indicar sim livros que podem te agradar.
      Infelizmente ainda não li nada da Beck Bloom, mas tenho mt vontade, desde que vi o filme inspirado na personagem.
      Obrigada pelo comentário, vou ficar no aguardo de uma resposta sua para poder te indicar alguns livros.
      Beijos.

  13. A seleção de Kiera Cass, resenha VII! | Portal Ju Lund 01/03/13 19:02

    [...] Para ler as outras resenhas já publicadas no Portal, clicando no nome da Colunista: Fran, Shara, Cris, Glaucia, Naty e Flávia. [...]

  14. Mônica Oliveira Mônica Oliveira 13/05/13 09:58

    Confesso que esse livro e suas resenhas me trazem sentimentos tão contraditórios que nem sei mesmo o que esperar dele. Ainda não tive oportunidade de ler o livro e o adquiri, mas desde seu lançamento estou querendo e ao mesmo tempo não querendo ele, a história é totalmente diferente do habitual isso por si só já é um ponto a favor, mais triangulo amoroso me deixa tensa ultimamente, não vejo a necessidade da autora colocar um triangulo em histórias que por si só já são boas. Enfim Gostei da resenha e ainda não sei o que esperar do livro, só quando ler mesmo saberei ter uma certeza do meu ponto de vista.

  15. Mônica Oliveira Mônica Oliveira 13/05/13 09:59

    Confesso que esse livro e suas resenhas me trazem sentimentos tão contraditórios que nem sei mesmo o que esperar dele. Ainda não tive oportunidade de ler o livro e o adquiri, mas desde seu lançamento estou querendo e ao mesmo tempo não querendo ele, a história é totalmente diferente do habitual isso por si só já é um ponto a favor, mais triangulo amoroso me deixa tensa ultimamente, não vejo a necessidade da autora colocar um triangulo em histórias que por si só já são boas. Enfim Gostei da resenha e ainda não sei o que esperar do livro, só quando ler mesmo saberei ter uma certeza do meu ponto de vista.

    Nome: Mônica Oliveira
    Twitter: @Moniiqueta

    1. FranFlores FranFlores 03/06/13 21:06

      É Mônica só lendo para saber o que vc vai achar. Eu confesso que a fórmula dos triângulos amorosos não me incomoda, mas entendo que isso fique chato e repetitivo para os leitores de uma maneira geral.
      A Seleção é um livro previsível até, mas muito gostoso de se ler, a leitura flui rápido e deixa o leitor preso as suas páginas.
      Espero que curta o livro quando tiver a oportunidade de lê-lo.
      Obrigada por ter comentado.
      Beijos.

  16. Franciele Alves Franciele Alves 13/05/13 21:41

    Fran… adorei a resenha xará…

    Eu li A Seleção depois de muitos elogios e algumas crítica e como vc não me arrependi… achei a historia muito fofa e divertida… só que não achei tão distópica assim… talvez no começo… mas depois passa a ser plano de fundo…

    O triangulo desse livro é bem suavezinho … como será no próximo livro hein?

    bjuus

  17. Franciele Alves Franciele Alves 13/05/13 21:42

    Fran… adorei a resenha xará…

    Eu li A Seleção depois de muitos elogios e algumas crítica e como vc não me arrependi… achei a historia muito fofa e divertida… só que não achei tão distópica assim… talvez no começo… mas depois passa a ser plano de fundo…

    O triangulo desse livro é bem suavezinho … como será no próximo livro hein?

    bjuus

    Franciele Alves
    @fran_alves

    1. FranFlores FranFlores 03/06/13 21:02

      Eu senti falta da distopia em A seleção, mas de forma nenhuma isso me fez desgostar do livro, mesmo com o foco no romance, ao menos neste primeiro livro, acho que a autora conseguirá trabalhar a temática distópica mais para frente.
      Acho que a tendência agora é que o triângulo pegue fogo. Será? Agora só me resta esperar para saber.
      Obrigada pelo elogio, sempre bom saber que curtiram a resenha, valeu também por ter comentado.
      Beijos.

  18. Caroline Raquel Caroline Raquel 14/05/13 16:21

    Nome: Caroline Raquel
    Twitter : @raq_caroline

    A Seleção ,são 35 garotas e uma coroa ,imagina disputa !,imagina confusão .
    Quando nós é criança nós meninas temos desejo de ser princesa #quem nunca pegou vestido, passou batom e colocou salto alto da mae sem permissão? e passsava batom na boca ficava toda lambusada e passa sombra qualquer jeito nos olhinhos ,e coloca coroa brinquedo ,e veste a barbie de vestidinho passa maquiagem coloca brinquedo volta como fosse publico ,e olha no espelho sentindo ,desejando ser princesa quando crescer :D .
    Ai Quando faz 15 anos faz festa Debutante e se senti uma autêntica princesa ,e tem principe escolheu dançar valsa :D.
    Não Faço ideia como ser princesa mais pelo jeito deve ser dificil ,cansativo e chato mesmo tempo deve ser regras ,regras e mais regras e querendo ter comandar pais querendo ou não pois passado de familia não pode ser renunciado ..

    1. FranFlores FranFlores 03/06/13 20:59

      É verdade Caroline, America tem que lidar com mt loucura por parte das concorrentes a princesa.
      Espero que goste da leitura.
      Obrigada por ter comentado.
      Beijos.

  19. ana paula ramos ana paula ramos 15/05/13 11:15

    oie

    Ai to muito curiosa para começar a ler logo….. não gosto muito de series sabe, por isso tento escolher bem uma para começar e terminar.. e estou fascinada pela historia da America. Adoro romances YA, e acho que vou adorar!
    Eu achei diferente o inicio, com um reality (?) rsrs o príncipe, claro tinha que ser boa pinta para mexer com os sentimentos dela…. eu prefiro tbem livros narrados em 1. pessoa, acho que fica mais gostoso ir aprendendo junto com o personagem, se o autor sabe fazer isso, fica ótimo!

    muitos bjos

    ana paula ramos
    @ap_ramos0704

    1. FranFlores FranFlores 03/06/13 20:57

      Ana Paula, para quem gosta de romance YA, A seleção é uma boa pedida. A história contada por America, apesar de previsível, é bem gostosa de ler e acompanhar.
      Obrigada por ter comentado.
      Beijos.

  20. Karen Alvares Karen Alvares 15/05/13 21:03

    Gostei muito da resenha, já faz um tempo que quero ler esse livro. Achei mesmo que focava mais no romance. A capa é linda!!!

    Karen Alvares
    @karen_alvares

    1. FranFlores FranFlores 03/06/13 20:51

      Obrigada Karen, bom saber que gostou da resenha.
      A Seleção apesar da temática distópica realmente foca mais no romance, mas acredito que isso venha a mudar com as sequências.
      Obrigada pelo comentário.
      Beijos.

  21. A Seleção, sorteio! | Portal Ju Lund 28/05/13 07:59

    [...] por Suellen Resenha por Eve Llin Resenha por Flávia Resenha por Naty Resenha por Glaucia Resenha por Cris Resenha por Shara Resenha por [...]

  22. A Elite, resenha III! | Portal Ju Lund 09/06/13 16:50

    [...] Shara, Cris, Fran, Naty, Flávia, Eve e Suellen. [...]

  23. O Príncipe, resenha. | Portal Ju Lund 22/07/13 09:30

    [...] Seleção: Fran, Shara, Cris, Naty, Flávia, Eve e [...]

  24. O Guarda (The Guard), de Kiera Cass. 18/05/14 10:31

    […] Seleção: Shara, Cris, Fran, Naty, Flávia, Eve e […]

  25. A Seleção, de Kiera Cass, resenha IV. 18/05/14 10:33

    […] ler as resenhas feitas por Fran, por Shara e por  Cris, é só clicar em seus […]

  26. A Elite, resenha VI. 18/05/14 10:48

    […] Resenhas de “A Seleção” podem ser lidas ao clicar no nome das colunistas ao lado: Fran, Shara, Cris, Naty, Flávia, Eve e Suellen. […]

Deixe seu comentário
  • › É sua primeira vez? Seu comentário passará por moderação.
  • › Links e emails não são permitidos por motivo de segurança.

Veja outros artigos, além de "A seleção, resenha.", sobre: , , , , ,

Curta o Portal ;-)

Portal JuLund Entretenimento e Incentivo à Literatura Fantástica.
(c) Copyright 2010-2014 Portal JuLund - Todos os direitos reservados. Fundado e mantido por Ju Lund by Jeferson Sigales