True, resenha, @Verus_Editora

por há 4 anos e 389 leituras

Confira Capa, Sinopse e Resenha de True o primeiro livro da série True Belivers de Erin McCarthy lançado pela Editora Verus.

true

Sinopse:

“Uma história sobre as possibilidades que se abrem para aqueles que estão dispostos a se entregar de corpo e alma.
Quando as colegas de quarto de Rory descobrem que a tímida e estudiosa garota nunca passou uma noite com um homem, decidem que vão ajudá-la a perder a virgindade contratando o confiante e tatuado Tyler para fazer o serviço, porém sem o conhecimento dela. Tyler sabe que não é bom o bastante para Rory. Ela é brilhante, enquanto ele está lutando para se formar na faculdade e conseguir um emprego, para, então, poder tirar seus irmãos mais novos da mãe drogada. Mas ele acaba aceitando a proposta, pelo menos como uma oportunidade de conhecer Rory melhor. Há algo nela que o intriga e o faz querer ficar por perto — mesmo sabendo que não deveria.
Divididos entre o bom senso e o desejo, os dois se veem envolvidos em uma relação apaixonada. Mas, quando a família desajustada de Tyler ameaça destruir seu futuro — assim como o dela —, Rory precisa decidir se vai cortar os laços com o perigoso mundo do namorado ou se vai seguir seu coração, não importa o preço a pagar.”

Resenha de True:

Comecei a ler True achando que iria me deparar com mais um romance daqueles que tem um garoto problemático a menina boazinha em apuros que por conta do destino se encontram. Confesso não é muito diferente disso, mas o que me surpreendeu de verdade foi o amadurecimento dos personagens conforme a história se construía.

Rory é uma menina CDF, apaixonada por ciências, inocente e sem sal não chama a atenção de ninguém na faculdade vive dentro de seu mundinho, só não vive ainda mais isolada porque conta com a companhia de suas colegas de quarto Kylie e Jessica.

Em uma das muitas noites em que elas passavam juntas na casa do Nathan, o “ficante” de Kyle, Rory se vê numa situação perigosa um dos amigos em comum, chapado demais tenta força-la a fazer sexo com ele. Porém a doce Rory não faria nunca isso, sendo virgem e tudo o mais não se deixou levar, criando assim uma situação onde foi preciso ser salva pelo PA( pau amigo) de Jess. Depois de tirar Grant de cima dela, Tyler se mostrou solidário a ela, o que toca a garota, pois como um cara forte, tatuado, que bota medo em todos, pode ter aquele lado protetor.

” Puta merda. Era a voz de um cara, e não de uma das minhas colegas de quarto. Eu me levantei um pouco, com o coração acelerado. Era difícil ver no escuro, e o movimento súbito fez meu estômago revirar, meu cabelo colado na testa. Ai meu Deus. Era o Tyler.”

A situação expôs as pessoas que estavam no apartamento à realidade que Rory pretendia manter escondida, ela ainda ser virgem, o que causou uma surpresa entre as amigas que logo entraram em acordo com um plano para resolver esta situação; pagariam Tyler para tirar a virgindade de Rory.

Porém o que ninguém poderia imaginar e que os dois se envolveram ao ponto de Tyler mesmo com a sua vida ferrada, deixar o dinheiro de lado para conhecer melhor aquele mente tão lógica e sincera de Rory. O maior problema é que Tyler tinha uma verdadeira vida estragada, com mais quatro irmãos, uma mãe viciada que batia nele, o que podia esperar que uma garota inteligente e intrigante quisesse com ele.

” Seu rosto estava agoniado. A raiva, a frustração e a humilhação, estava tudo ali, estampado. Eu estava me esforçando para não chorar, porque sabia que ele estava se esforçando para não chorar de raiva. Eu nunca tinha visto nada parecido com o que acabara de acontecer…Fui até ele, perto das latas de lixo, e coloquei as mãos em seu rosto, puxando-o na minha direção.”

E pra provar que a mocinha da história é uma mulher forte, quando ela se depara com o mundo dele ao invés de correr apavorada e chorando ela abraça a causa fazendo dela parte da família True.

”  – Ei, Rory, como se escreve seu nome? – o Jayden me perguntou.

 – R-o-r-y.

 – Hum. Quer dizer que começa com R:

 – Isso – Observei as letras do nome dos quatro irmãos no braço do Jayden e de repente percebi que, se fosse colocado um R no final, TRUE ( verdadeiro) viraria TRUER ( mais verdadeiro).”

Mas poderia afinal o cara sem futuro conquistar o coração da bela donzela? O que o pai de Rory – a única família que ela tem – iria dizer dessa relação? Ela conseguiria suportar os percalços da vida para ficar ao lado de Tyler?

True de Erin McCarthy é uma história que nos mostra o significa de união, família, doação, amor.

Rory no começo muito introspectiva se mostra só mais uma menininha que perdeu a mãe pequena e está na faculdade, porém com o desenrolar da trama ela mostra que amadureceu e que fugir de momentos difíceis talvez não seja a melhor forma de aprender a crescer na vida. Encarar os problemas de cabeça erguida mesmo que seja em meio a lágrimas é o que faz pessoas fortes e determinadas. É a essa personagem que dou a maior parte do motivo de eu ter gostado do livro. Ela é bondosa, justa, sincera.

Tyler nos mostra que mesmo quando tudo esta ferrado, você pode ser melhor do que já viu a sua volta, mostra que não devemos seguir padrões e nos afundarmos na lama, mas fazermos melhor, sermos sempre mais. Ele sabe o verdadeiro significado do que é ter uma família, dar amor, se dedicar.

Sim o livro em alguns momentos é um clichê e vocês vão se sentir lendo só mais uma história, mas no fim vai perceber que os personagens têm muito mais pra doar, é só ler nas entrelinhas.

” – Sabe por que a gente se dá bem, Rory?

 – Porquê – Isso podia ser muito, muito interessante, Ou podia na ser nada. Eu esperei, tensa, querendo ouvir suas ideias.

 – Porque nós dois vemos além do que as outas pessoas veem na gente. Nós dois sabemos que , as vezes, as melhores coisas estão debaixo da superfície. Quando eu olho pra você, vejo uma  mulher fantasticamente inteligente, divertida, generosa e linda. Sabia disso?

 – Não – sussurrei, emocionada.”

Eu adorei True, me conquistou logo no inicio e garanto é leitura pra deixar o coração mais doce e os olhos minando água. Então está esperando o que?! Corre e vai ler também só não se esquece de voltar aqui e compartilhar o que achou com a gente hein! Até à próxima! Bacio =D Fabi

Fabiana

(Colunista até 1/8/2016)Oie, eu sou a Fabi, Fabiana, Bibi, enfim como preferir ; D . Mamy de uma menina linda, Paulista, beirando os 30 ( e quase enlouquendo com isso), Secretária formada. Minha grande paixão, obvio : Livros!!! Viciada em uma boa série um ótimo filme, troco fácil a corrida no parque pela pipoca e cobertor. Sou uma romântica incurável, acredito em Contos de fada e em Felizes para sempre, ainda acredito que o amor pode desfazer toda a bagunça que fizeram nesse mundo aqui, enquanto isso não acontece prefiro a realidade dos meus livros!(Colunista até 1/8/2016)

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales