#BienalRio para todos os públicos

por há 3 meses e 88 leituras

A edição 2017 da Bienal do Livro no Rio de Janeiro trouxe de volta o espírito das primeiras realizadas, com diversos descontos e também com novidades bem atuais do mundo da literatura, agora expandido para internet com os eBooks. Além da presença record de autores nacionais, entre os já populares aos independentes.

Enquanto a tecnologia aproximou quem não pode ir ao evento com transmissões simultâneas via internet. O público que esteve na bienal carioca aproveitaram as atividades nos estantes do Submarino e Amazon, e tiveram a chance de conhecer o dispositivos Lev, que promete dar mais opções ao público para desenvolver familiaridade com a leitura digital.

Durante os dias 31 de agosto até 10 de setembro, o Riocentro recebeu mais de 300 autores, com lotação em várias palestras, debates, bate-papos e atividades com foco no incentivo a leitura.

A 18ª Bienal Internacional do Livro Rio, recebeu em 11 dias de evento, cerca de 680 mil visitantes, entre amantes da boa leitura, estudantes de escolas cariocas e pessoas que pela primeira vez conferir a atração do Riocentro de cada dois anos.

Das novidades da Bienal Rio 2017, quanto aos espaços temáticos, destaque para o espaço dedicado aos leitores de histórias fantásticas e HQs, o Geek & Quadrinhos de responsabilidade do curador Affonso Solano, autor e nerd assumido.

Entre as novidades relacionadas aos estandes, vários decidiram seguir o exemplo da LeYa e seu já tradicional Trono de Ferro, criando um espaço temático para fotos, ou mesmo mais de um. Por conta disso, o público teve a opção de 3 Tronos de Ferro. Já a Harper Collins Brasil levou para a bienal carioca a estação de um clássico da rainha das histórias de detetive, Agatha Christie, ‘O Expresso do Oriente’, livro que ganhou uma nova adaptação com Johnny Depp no elenco. Além da editora ter levado uma sala de cinema para a bienal.

Enquanto a Rocco transformou seu estande no castelo da mágica série de livros da autora britânica J.K. Rowling, criadora de Harry Potter e seu universo fantástico. O estande não só foi um dos mais visitados e fotografado do evento, mas também ganhou o prêmio de mais belo de todos edição 2017. Vale comentar que o estande contava com um espaço para fotos, com o fundo do estádio de Quadribol de Hogwart e uma réplica da vassoura do Harry Potter.

Já o Geek & Quadrinhos, foi o espaço temático estreante na bienal carioca que fez alegria de nerds, geek e aficionados de todas as idades. Onde aconteceu empolgantes debates e bate-papos com Affonso Solano mediando, que contaram com nomes como Carlos Ruas, Marcelo Amaral, Vivi Maurey, Luis Eduardo Matta, Ota, Christopher Kastensmidt, Enéias Tavares, Kel Costa, Felipe Campos, Rebecca Cristina, Rômulo Felippe, Diego Andrade, FML Pepper entre vários talentos que foram convidados para o espaço. Além de outras atividades realizadas no espaço com jogos de RPG, Realidade Virtual, Batalha Ilustrada, entre outras.

No entanto, o ano deu bastante visibilidade para os autores independentes e também para os editoras de pequeno e médio porte. Nomes como Roxane Norris, Renato Rodrigues, Eddie Van Feu, Eduardo Kasse, Ana Lúcia Merege, Vivianne Fair, Clarisse Leal, Melissa de Sá, Karen Alvares, entre alguns dos autores que trouxeram novidades para a edição 2017, da Bienal do Livro.

Informações gerais reveladas na coletiva de encerramento da Bienal Rio 2017, divulgou que a média de exemplares vendidos no evento foi de cerca de 6 livros por pessoa e o gasto mínimo foi de cerca de R$25,00. Por conta dos diversos tipos de descontos encontrados que permitiu que o público encontrassem livros de R$2,00 o exemplar.

“Estamos muito satisfeitos com os números da Bienal. Com o crescimento da programação, atingimos nosso objetivo de proporcionar uma experiência cultural para toda família. É muito bom ver o investimento de todas as editoras em estandes cada vez bonitos e com mais atrações”, declarou Tatiana Zaccaro, diretora do evento.

Por Anny Lucard

Anny Lucard

Tecnógola em cinema e produtora de rádio. Especializada em edição de som e imagem. Mente por trás da criação do Projeto Literatura Nas Ondas Do Rádio, de incentivo à leitura e de apoio a literatura em língua portuguesa. Escreve sobre cinema e literatura, tanto para a internet como para programas de rádios. Elabora roteiros nas horas vagas, Colunista Convidada desde agosto/ 12. No twitter pessoal @annylucard

Facebook
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales