Review de Um Lugar Silencioso

por há 5 dias e 72 leituras

Sinopse:

“Em uma fazenda nos Estados Unidos, uma família do Meio-Oeste é perseguida por monstros que habitam a Terra. Para se protegerem eles devem permanecer em silêncio absoluto, a qualquer custo, pois o perigo é ativado pela percepção do som.”

Ficha técnica:

Data de estreia: Abril de 2018

Direção:John Krasinski

Atores principais: John Krasinski, Emily Blunt, Millicent Simmonds, Noah Jupe

Gênero: Suspense

 

Um Lugar Silencioso é aquele suspense para quem gosta do gênero. E embora envolva ficção, afinal se tratam de seres alienígenas que, de alguma forma, tomaram conta da Terra, o envolvimento com a trama é maior, se a sala em que estiver também cooperar. Silêncio absoluto torna a experiência melhor e mais assustadora.

Dirigido eficientemente pelo também ator principal John Krasinski, que atua ao lado da esposa Emily Blunt, o filme começa sem explicar como o planeta foi invadido por extraterrestres, mas nos dá as duas informações que precisamos: eles são cegos, mas têm audição apurada.

O casal tem três filhos: a adolescente deficiente auditiva, Millicent Simmonds (também deficiente auditiva na vida real), o garoto Noah Jupe (de Extraordinário) e o caçula. A exigência por Millicent foi do próprio diretor e foi a garota quem ensinou a linguagem de sinais ao elenco.

O roteiro, do próprio ator, diretor e produtor executivo, é bem trabalhado e supera expectativas. John, inclusive, recebeu muitas dicas da esposa. O produtor é Michael Bay, de Transformers e A Ilha, entre outros. O futuro é apocalíptico e os invasores são monstros implacáveis. E por serem sensíveis ao som, as primeiras duas partes do filme quase não têm diálogo. Mas não pense que isso pode diminuir a trama. Muito pelo contrário.

Caso tenha sorte de estar numa plateia de maioria adulta, que não usa celular e não come pipoca, a tensão tomará conta. Porque estando em silêncio absoluto, qualquer pequeno barulho soará muito alto. E nesse ponto, nota mil para o design de som. Realmente o som e a trilha sonora tornam a tensão multiplicada. Atentem para a cena em que o casal ouve uma música nos fones de ouvido. É tocante.

Eu tive as duas experiências, pois fui à estreia, no Cineflix, com silêncio total e depois no domingo, já com um público maior e mais agitado. É claro que a primeira foi muito melhor. A tensão só aumentou e os sustos foram muito mais reais. Arrisco a dizer que essa, talvez, seja uma aos melhores surpresas do ano.

Por ser do gênero suspense com toques de terror, o mestre Stephen King também assistiu ao filme e opinou: “ Um Lugar Silencioso é um trabalho extraordinário. A atuação é sensacional, mas o principal é o SILÊNCIO, com um trabalho de câmera que poucos são capazes de fazer.”

O filme é sucesso absoluto de arrecadação. Afinal teve um baixo custo, em se tratando de Hollywood, US$ 17 milhões. E só na primeira semana, na América do Norte, arrecadou US$ 50 milhões.

Confira programação AQUI.

Sugiro que vá ao cinema e confira!

Nota: 9,8

Beijocas

E, gente, por favor comentem! Também aprovaram? Continuem voltando sempre.

Graça Siqueira

Olá pessoal, eu sou a Graça. Jornalista, gaúcha de Pelotas (RS), 62 anos, esposa, mãe e avó. Desde pequenininha amo o cinema. Também adoro livros, músicas e escrever. Sou bastante emotiva. Tenho muitos ídolos em todas as áreas. Sou simples, alegre e otimista.

Facebook Instagram Twitter Google+

2 comentários para “Review de Um Lugar Silencioso”

Ju

O filme maravilhoso me surpreendeu pq no início achei que seria super chato… Nada disso.
Simplesmente o MELHOR filme dos últimos tempos,!

Fala de superação e amor.Tb SUPER recomendo!

    Graça Siqueira

    Concordo contigo, pois foi uma verdadeira surpresa.
    Muitos acham estranho, pois não acreditam que um filme com pouco diálogo possa ser bom.
    É uma experiência incrível!

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales