Review de Bumblebee

por há 1 semana e 39 leituras

Sinopse:

“Refugiado num ferro-velho numa pequena cidade praiana da Califórnia, Bumblebee, um fusca amarelo aos pedaços, machucado e sem condição de uso, é encontrado e consertado pela jovem Charlie (Hailee Steinfeld), às vésperas de completar 18 anos. Só quando Bee ganha vida ela, enfim, nota que seu novo amigo é bem mais do que um simples automóvel.”

Ficha técnica:

Data de estreia: Dezembro de 2018

Direção: Travis Knight

Atores principais: Hailee Steinfeld, John Cena, Pamela Adlon, Dylon O’Brian

Gênero: Ação

Passou o natal e fui assistir a mais um filme dirigido às férias de início de ano, no Cineflix. Afinal, a história envolve adolescentes, transformers e muita ação. E liberado para maiores de 10 anos. Perfeito.

Bumblebee, para quem não sabe, é um dos transformers mais amigável. Tanto que ganhou esse filme solo, que se localiza na Califórnia dos anos 80. Sim, ele é anterior à franquia, na linha do tempo.

Produzido por Michael Bay, responsável por Um Lugar Silencioso,  Transformers, Armagedon, Tartarugas Ninja, entre outros, e que neste ano ainda nos presenteará com Bad Boys 4, traz todos os ingredientes que conhece bem, tais como: muita ação, perseguição, efeitos especiais e tudo sempre muito grandioso.

Carlie está com 18 anos e tudo que procura é por um carro. Qualquer um. E está difícil. Até que encontra aquele fusquinha amarelo, atirado num pátio, já sem uso. E ela só deseja que ele funcione.

Logo será surpreendida pelo tanto que ele funciona e vai adorar sua companhia. Mas com isso vêm os riscos. Bee (dublado originalmente por Dylan O’Brian) ficou escondido na Terra, conforme instruções de Optimum Prime, para que não fosse achado, tendo em vista a batalha entre os Autobots e os Decepticons.

A trilha sonora anos ’80 é adorável. E o relacionamento de uma máquina com uma adolescente é o que torna o filme leve e envolvente. Tomando um rumo contrário àquele que a franquia já desgastara.

Com direção de Travis Knight é entretenimento. Cheiro de férias. Com cenas cômicas e jeitinho de que terá continuação. E para os que gostam têm duas cenas pós-créditos.

Confira a programação AQUI.

Recomendo para pais e filhos.

Nota: 9.

Graça Siqueira

Olá pessoal, eu sou a Graça. Jornalista, gaúcha de Pelotas (RS), 62 anos, esposa, mãe e avó. Desde pequenininha amo o cinema. Também adoro livros, músicas e escrever. Sou bastante emotiva. Tenho muitos ídolos em todas as áreas. Sou simples, alegre e otimista.

Facebook Instagram Twitter Google+
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2019 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales