Jurassic Park: Parque dos Dinossauros

por há 5 meses e 207 leituras

Adaptação do livro ‘Jurassic Park’ do autor e roteiristas Michael Crichton

Filme

‘Jurassic Park: Parque dos Dinossauros’ (Jurassic Park, 1993), com direção de Steven Spielberg, tem roteiro escrito pelo roteirista David Koepp e pelo autor Michael Crichton, que escreveu o livro no qual a história do filme é baseada.

Com um visual inovador para época, de incrível realismo na telona ao dar vida as extintas criaturas, o filme leva o espectador a Isla Nublar, onde um bilionário criou, com ajuda de geneticistas, um parque temático com dinossauros de verdade.

Os dinossauros do bilionário Hammond foram clonados a partir do DNA extraído de um inseto preservado em âmbar e um pouco de manipulação genética. E para os investidores do parque terem certeza onde estão colocando dinheiro, com o advogado Donald Gennaro de representante, exigem que especialistas visitem e verifiquem se o lugar é seguro.

O grupo é composto pelo matemático estrela Ian Malcolm, o paleontólogo Alan Grant e a paleobotânica Ellie Sattler, que se juntam na ilha aos dois netos do criador do parque, Tim e Lex.

Só que durante o passeio teste pelo parque, as coisas não saem de acordo com os planos de Hammond, pois há várias falhas. E com a maioria dos funcionários do parque voltando para o continente, antes de uma tempestade tropical, o passeio teste é cancelado no meio.

Só que o programador-chefe do parque, uma pessoa corrupta que está vendendo segredos sobre os dinossauros, piora os problemas, ao desativar todo o sistema de segurança do lugar, para roubar embriões para vender.

O filme é um marco, não só com o visual, mas também com uma trilha sonora marcante em todos os pontos. Das músicas aos sons escolhidos para os animais já extintos.

Vale lembrar que antes de ser publicado, vários estúdios tentaram obter os direitos. Que acabaram nas mãos de Spielberg, antes mesmo do livro chegar às livrarias. E o autor recebeu um quantia adicional para adaptar a história para o cinema, onde o roteiro final deixou de fora boa parte da violência do livro. Além disso, foi feita mudanças nos personagens.

Livro

‘Jurassic Park’ de Michael Crichton é uma publicação de 1990 e narra a história de como criaturas extintas a milênios, puderam voltar a vida como atração de um parque temático.

Em ‘Jurassic Park’ o autor Michael Crichton pega os estudos da genérica e teorias científicas diversas, como a Teoria do Caos, como pano de fundo da trama.

No livro o rico Sr. Hammond é fascinado por dinossauros e resolve usar seu dinheiro para trazer tais animais de volta a vida. Para isso, usa resquícios genéticos incompletos dos dinossauros, associado ao DNA de outra espécie e ignorando a ética científica.

Assim Michael Crichton escreve uma história inovadora e questiodora e o livro constrói uma verossimilhança científica bem feita, de dados genéticos e a matemática. Repleto de detalhes, o livro convence o leitor de que aquilo não é só possível, mas uma realidade. E além do questionamento sobre a ética nos estudos científicos e a importância do respeito “as leis da natureza”, tem o sobre a espionagem industrial. Colocando em evidência uma crítica, quanto ao fins justifica os meios em nome de dinheiro.

Em relação ao livro para o filme, tirando as mudanças dos personagens e o menor teor de violência, ambos abordam a mesma trama fascinante, até porque o autor que fez o roteiro.

Anny Lucard

Tecnógola em cinema e produtora de rádio. Especializada em edição de som e imagem. Mente por trás da criação do Projeto Literatura Nas Ondas Do Rádio, de incentivo à leitura e de apoio a literatura em língua portuguesa. Escreve sobre cinema e literatura, tanto para a internet como para programas de rádios. Elabora roteiros nas horas vagas, Colunista Convidada desde agosto/ 12. No twitter pessoal @annylucard

Facebook
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales