Greystoke: A Lenda de Tarzan, o Rei da selva

por há 1 ano e 600 leituras

Filme inspirado nas histórias de Tarzan criadas por Edgar Rice Burroughs

Filme

A história do personagem Tarzan iniciou como publicações da revista pulp All-Story e o sucesso deu ao autor, em 1914, uma publicação em forma de livro com as histórias já publicadas.

Com a estreia nos cinemas de ‘A Lenda de Tarzan’, do diretor David Yates com o ator Alexander Skarsgård na pele de Tarzan, vale a dica de um outro filme que foi inspirado nas história do Homem Macaco, ‘Greystoke: A Lenda de Tarzan, o Rei da selva’.

A produção britânico lançada em 1984, ‘Greystoke: A Lenda de Tarzan, o Rei da selva’, com direção de Hugh Hudson e roteiro inspirado nas histórias e personagens de Edgar Rice Burroughs (porque vale dizer que entre os 24 livros publicados, nenhum tem o título “A Lenda de Tarzan”), virou um clássico em relação as adaptações sobre o personagem, que não foram poucas.

No filme, que se passa no século XIX, um casal da nobreza inglesa que sofre um naufrágio na costa da África, tenta sobreviver na esperança de serem resgatados. A esposa grávida da a luz ao filho na selva e a criança acaba órfã, pois seus pais são atacados por animais e morrem na selva. E assim começa a história de Tarzan, o qual é criado por uma macaca que tinha perdido o filhote recentemente.

Crescendo entre os macacos, como se fosse um deles, Tarzan não espera por resgate. Porém, quando já está adulto, o único filho da nobre família britânica é encontrado por uma expedição e é levado de volta a Inglaterra, para tomar seu lugar entre os nobres e administrar a grande fortuna da família, como único herdeiro, John Clayton III, Lorde Greystoke.

Claro que não é nada fácil para o jovem, que cresceu entre macacos, se adaptar a civilização, mas ele consegue ajuda graças a Jane, que se torna seu grande e verdadeiro amor.

Destaque para a atuação do ator Christopher Lambert, que entrou para a listas de atuações marcantes como Tarzan, já que há várias adaptações das histórias, tanto para o cinema, como para a TV.

“Um herói da literatura, com cara de super herói de quadrinhos.”

Greystoke_-_A_lenda_de_Tarzan

Livros/HQs

A história do roteiro sobre “A Lenda de Tarzan” é basicamente encontrado nos primeiros livros, que dos 24 publicados são os que contem as histórias mais conhecidas, ‘Tarzan, O Filho das Selvas’ (também conhecido no Brasil por ‘Tarzan dos Macacos’) e ‘A Volta de Tarzan’.

Infelizmente no Brasil, apenas 18 dos livros foram traduzidos, na primeira metade do século XX, que inclui traduções de autores de renome na literatura brasileira, como Monteiro Lobato e Manuel Bandeira.

Na década de 1970 a Editora Record relançou alguns dos livros, mas não continuou. Também teve as versões publicadas pela Editora Tempo Cultural, mas esses eram livros com tradução da versão em espanhol e não do original inglês.

Quando a publicação do primeiro livro fez 100 anos, a editora Zahar fez uma publicação de aniversário com tradução de Thiago Lins e ilustrações de Hal Foster.

Já em Portugal, a Editora Portugal Press traduziu e publicou todos os 24 livros sobre Tarzan.

O sucesso de Tarzan é semelhando a dos heróis de quadrinhos, até porque a visão da África criada pelo autor é tão surreal, quanto de uma história em quadrinho. Há muito pouco da realidade do continente, Edgar Rice Burroughs gosta de criar civilizações perdidas em meio a selva africana, assim como animais estranhos. Tudo fruto de sua fértil imaginação, já que o autor nunca esteve na África. (E naquela época não tinha Discovery Channel, tão pouco Google, para pesquisar.)

Tarzan_All_Story-publicação

Dica de Livro(s), não adaptado(s) para o cinema, que seguem a linha de pensamento da história (nacionais ou estrangeiros publicados no Brasil):
Além de ‘Mogli’ não conheço nenhuma ficção do tipo “humano criado por animais”. Se alguém conhecer, pode indicar.

Anny Lucard

Tecnógola em cinema e produtora de rádio. Especializada em edição de som e imagem. Mente por trás da criação do Projeto Literatura Nas Ondas Do Rádio, de incentivo à leitura e de apoio a literatura em língua portuguesa. Escreve sobre cinema e literatura, tanto para a internet como para programas de rádios. Elabora roteiros nas horas vagas, Colunista Convidada desde agosto/ 12. No twitter pessoal @annylucard

Facebook
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2017 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales