Assassinato no Expresso do Oriente

por há 7 meses e 199 leituras

Baseado no livro ‘Assassinato no Expresso do Oriente’ da autora Agatha Christie

Filme

A mais recente adaptação do filme, é dirigida e estrelada por Kenneth Branagh.

A trama inicia com o principal personagem da série de livros, Hercule Poirot resolvendo um caso, de forma a apresentá-lo também ao público que não o conhece dos livros.

O personagem que é foco de dúzias de livros de Agatha Christie, já teve suas histórias adaptadas inúmeras vezes e ganhou uma nova visão, no estilo hollywoodiano, mas mantendo o máximo de fidelidade a trama original da autora.

O roteiro da nova adaptação, ão invés de iniciar na estação como no livro, mostra o excêntrico detetive, dono de um bigode nada discreto, resolvendo um caso e animado para tirar merecidas férias, as quais ele é obrigado a adiar ao aceitar um convite que o leva ao Expresso do Oriente.

O trem está lotado, mas depois de conseguir uma vaga, as coisas parece tranquilas e a viagem corre sem maiores problemas. Isso até uma forte nevasca reter o famoso trem no meio do nada. E se já não fosse problema suficiente, um dos passageiros é encontrado morto em sua cabine trancada, o qual foi claramente assassinado. O que não é spoiler, afinal é o título do filme e livro que o inspirou.

Retido no meio do nada e com um caso de homicídio em mãos, o genial detetive Hercule Poirot precisa descobrir quem cometeu o assassinato no expresso do oriente, antes do trem poder seguir viagem, pois isso assim o assassino não teria chance de fugir.

Vale dizer que ‘Assassinato no Expresso do Oriente’ possui algumas mudanças nos acontecimentos que busca criar um ritmo mais dinâmico na telona, como momentos passados fora do trem, o que não é necessário no livro que se passa praticamente todo no trem.

No entanto, ainda há certa lentidão por causa dos interrogatório dos suspeitos, que inclui passageiros e funcionários. Que o diretor busca quebrar usando ângulos e movimentos de câmeras bem inusitados, além de longos plano-sequência.

Destaque para a direção de arte que reproduz época e o trem de forma primorosa.
A produção, mesmo com as mudanças é uma bela homenagem a obra da autora Agatha Christie e deve agradar os fãs, bem como aqueles que buscam apenas por um bom filme de detetive.

Livro

‘Assassinato no Expresso do Oriente’, publicação de 1934, é um dos livros mais conhecidos da série literária de Agatha Christie.

A história de Hercule Poirot, inicia  no famoso e luxuoso trem que sai do oriente e corta a Europa, passando por várias cidades capitais.

O livro conta a história de um grupo de estranhos que ficam confinados em um trem, onde um assassinato ocorre durante a viagem, tornando todos suspeitos do crime.

Hercule Poirot é um detetive aposentado e segue para Londres, ao ter a presença solicitada com grande urgência.

Ele consegue, com certa dificuldade, uma vaga no Expresso do Oriente, que está lotado. O que é algo atípico durante aquela época do ano.

Com sua genialidade investigativa reconhecida mundialmente, o detetive é abordado por um estranho que conhece sua fama e solicita seus serviços, afirmando que corre risco de vida. E quando o trem fica retido na nevasca, se descobre que os medos do estranho se concretizaram.
Para evitar que o criminoso saia impune, o detetive precisa corre para resolver o caso antes do trem chegar a próxima estação.

É definitivamente um dos livros mais famosos da autora e, vale dizer, o mais bem sucedido. Isso porque no ano que foi publicado, o livro teve cerca de 3 milhões de cópias vendidas.

Anny Lucard

Tecnógola em cinema e produtora de rádio. Especializada em edição de som e imagem. Mente por trás da criação do Projeto Literatura Nas Ondas Do Rádio, de incentivo à leitura e de apoio a literatura em língua portuguesa. Escreve sobre cinema e literatura, tanto para a internet como para programas de rádios. Elabora roteiros nas horas vagas, Colunista Convidada desde agosto/ 12. No twitter pessoal @annylucard

Facebook
Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Copyright 2010-2018 • Portal Literário JuLund • Todos os direitos Reservados

Desenvolvido por Studio Sigales